Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Resposta boa da gôta, cabra!!!

Cordel contra o preconceito. Xô, Padim Pade Cerra !

    Publicado em 24/11/2010
Charge de Bessinha 

O Conversa Afiada publica e-mail do amigo navegante Marco Aurélio:

Caro PHA,

segue um poema do grande artista Valdeck de Garanhuns. É a resposta do cordel ao preconceito.

SOMOS TODOS BRASILEIROS

É São Paulo grande receptora
a cidade de todas as nações
onde vivem mestiças multidões
sob a luz paulistana protetora.
Paulicea feliz acolhedora
dos que buscam abrigo no seu véu
é bondosa e às vezes bem cruel
dependendo de nós e nosso tino
se não fosse o valor do nordestino
em São Paulo não tinha arranha-céu.


Preconceito é coisa de alguém
inseguro. insensato e infeliz
que não vê nada além do seu nariz
despresando o valor que o outro tem,
ao “menor” ele trata com desdém
age errado ainda faz grande escarcéu
é amargo e jamais provou o mel
da vitória de um povo peregrino
se não fosse o valor do nordestino
em São Paulo não tinha arranha-céu.


O Nordeste em São Paulo está presente
como estão todos os outros estados
trabalhando e deixando seus legados
pra São Paulo crescer tão firmemente
a cidade se mostra claramente
uma mescla real e bem fiel
das culturas do imenso povaréu
que caminha buscando seu destino
se não fosse o valor do nordestino
em São Paulo não tinha arranha-céu.


Nosso povo chegou nessa cidade
pra ficar, trabalhar, fazer história
ajudar no registro da memória
e trazer ao lugar prosperidade
no contexto contém felicidade
e a bravura do homem tabaréu
a poética do belo menestrel
e a ternura do velho e do menino
se não fosse o valor do nordestino
em São Paulo não tinha arranha-céu.


Não entendo porque o preconceito
com o povo tão forte do nordeste
se a roupa que o paulistano veste
e outras coisas que usa por direito
tem a mão nordestina que com jeito
competência trabalho e humildade
faz trabalhos com toda lealdade
para Sampa cescer e mais crescer
e ao invés de São Paulo agradecer
quer banir nosso povo da cidade.


Mas não é o paulista de verdade
nem tão pouco a pessoa paulistana
que é contra a presença soberana
do nordeste aqui nessa cidade.
Só pessoas que sem capacidade
de sentido tacanho e pequenino
que incautos perderam todo o tino
não enxergam a força do nordeste
disseminam a verdadeira peste
que é o ódio ao povo nordestinio.


Essa moça estudante de direito
que alimenta essa raiva sem pudor
nunca foi ao nordeste, pois se for
se liberta do horrendo preconceito
porque todos na terra têm defeito
mas existe virtude em abundância
o defeito exige vigilância
que um defeito é a causa de um desastre
para que o defeito não se alastre
é preciso acabar com a ignorância.


Nordestino é um povo competente
como o povo paulista é também
e que culpa o nordestino tem
da eleição de Dilma presidente?
Ela foi contemplada tão somente
com os votos de todos brasileiros
que se mostram felizes, satisfeitos
exercendo o papel de cidadão.
Ou preferem tisnar nossa nação
entregando-a aos lobos etrangeiros?


O nordeste é uma terra abençoada
a cultura é soberba e majestosa
nossa arte é divina, esplendorosa
nossa gente é feliz e animada.
Porém era uma terra abandonada
pelos outros governos da nação,
foi aí que subiu um cidadão
nordestino ao topo do poder
e o nordeste voltou a florescer
a despeito da vil opinião.


Se o nordeste cresceu e está crescendo
Sampa cresce também para valer
na verdade o Brasil deve crescer
e é isso que está acontecendo
Todos nós que agora estamos vendo
o Brasil vislunbrando um novo sol
vamos dar nossas mãos todos em prol
de um pais soberano e respeitado
nordestino e paulista lado a lado
sob a luz divinal do arrebol.


Com meu fraterno abraço
Valdeck de Garanhuns

quinta-feira, 25 novembro, 2010 Posted by | Repassando... | , , , | 1 comentário

   

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 149 outros seguidores