Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Assumindo de peito aberto, o bom combate…

Hoje ao postar o comentário sobre a oposição aloprada, por tabela lembrei-me do saudoso Darcy Ribeiro, homem profundamente culto e sem meias palavras que, já doente do câncer que o vitimaria, escreveu o seu último e maravilhoso livro (O povo brasileiro) e nele, escreveu algo capaz de alentar a todos aqueles que têm ou buscam a coragem de optar pelo lado que lhe parece honroso e justo. Passo a vocês esta jóia de comprometimento social:

“[…] Sou um homem de causas. Vivi sempre pregando, lutando, como um cruzado, pelas causas que me comovem. Elas são muitas, demais: a salvação dos índios, a escolarização das crianças, a reforma agrária, o socialismo em liberdade, a universidade necessária. Na verdade, somei mais fracassos que vitórias em minhas lutas, mas isso não importa. Horrível seria ter ficado ao lado dos que venceram nessas batalhas. Portanto, não se iluda comigo leitor. Além de antropólogo, sou homem de fé e de partido. Faço política e faço ciência movido por razões éticas e por um profundo patriotismo. Não procure, aqui, análise isenta. Este é um livro que quer ser participante, que aspira a influir sobre as pessoas, que aspira ajudar o Brasil a encontrar-se a si mesmo”  (Darcy Ribeiro)

terça-feira, 16 setembro, 2008 Posted by | Comentário | | Deixe um comentário

A oposição aloprou!!

O presidente do famigerado PSDB, disse ontem no jornal que fazer oposição tá caindo de moda no Brasil! A imensa maioria dos candidatos, mesmo os que sempre fizeram oposição ao governo Lula, ou avisam que se eleitos farão alianças com ele ou simplesmente não o atacam. Aqui no Pará, até a candidata do DEM à prefeitura de Belém,  que fez parte da oposição pitbull ao Lula, diz que buscará alianças com o dito cujo. Porque será? Será pelo fato do Lulinha Paz e Amor ter provado ser mais forte e competente do que todos eles? Estarão enfim, reconhecendo que  vontade política é tão ou mais importante do que escolaridade, para governar? Não acredito… Estes políticos e muitos dos cientistas políticos estão apenas reconhecendo que, por alguma razão que eles não conseguem descobrir (acima da batida desculpa de que “o povo é alienado”), o presidente alcançou uma blindagem pessoal inigualável junto ao eleitorado de todas as classes e o melhor neste caso, é se fingir de morto ou de leso. Até que surja a oportunidade tão buscada nestes seis anos e nunca encontrada: uma brecha ética, moral, econômica ou social, na armadura deste fenômeno político. Sequer param para pensar que fazer oposição não caiu de moda, o que caiu de moda foi a oposição insana, oportunista, irresponsável, preconceituosa e imoral. Nenhum homem, partido ou governo, consegue atender a todas as demandas de uma sociedade, em um período de quatro ou oito anos, e o próprio Lula reconhece isso. Mas basta ver a propaganda eleitoral gratuita, todos os dias, todos os candidatos prometendo mundos e fundos e mostrando apenas o que os adversários não fizeram. Tática burra, oportunista, imoral e que agride a inteligência de qualquer eleitor, com se cada um de nós fôsse um debilóide. Sequer percebem que a eleição do Lula foi uma rejeição nacional às práticas políticas tradicionais das elites e ao sectarismo  revolucionário da esquerda pré-muro de Berlim. Sequer percebem que o povo sentiu em sua própria vida os resultados positivos de um “neoliberalismo socialmente comprometido” e isto influenciou proativamente o seu comportamento político. Sequer percebem que o povo, por suas percepções objetivas, nas pesquisas de opinião mantiveram os mandatos do presidente, mesmo diante do ataque pessoal, feroz e imoral que o parlamento e a mídia lhe fizeram ao longo destes anos todos. Sequer percebem que a farsa das CPI’s, que não puniram ninguém e tinham como única meta o impechemant presidencial, ficou cristalinamente transparente em seus objetivos escusos, para a população. Esta classe política perniciosa e vagabunda que ainda está aí, continua achando que o povo não pensa e que está sendo vítima de mais um presidente populista. Esquecem que os fatos, embora demorem, suplantam as empulhações. Por isso estão aloprando, dizendo que caiu de moda fazer oposição, ou camuflando sua postura lobordeira diante de uma situação incontornável. Que o povo consiga enxergar, em meio a essa alcatéia, os políticos que possam dar continuidade ou ampliar os nossos avanços sócio-econômicos dos últimos anos, e elegê-los. O resto, deixa com o Lulinha, que ele resolve…

terça-feira, 16 setembro, 2008 Posted by | Comentário | , | Deixe um comentário

Olha aí: acharam a Lei Seca!

A morte anunciada da autoritária, burra e dispensável Lei Seca parece estar ocorrendo mais rapidamente do que eu previ. Vejam a reportagem a seguir.

Juiz declara inconstitucionalidade da Lei Seca

O juiz Ricardo Teixeira Lemos (foto), da 1ª Vara Criminal de Aparecida de Goiânia, declarou, de ofício, inconstitucionais os artigos 165, 276, 277, 291 e 306 da Lei nº 11.705/08, denominada Lei Seca, e relaxou a prisão do motociclista Genivaldo de Almeida, preso após ter sido submetido ao teste do bafômetro. De conseqüência, determinou a restituição do veículo apreendido, bem como a devolução da CNH do motorista e a anulação da multa lavrada. Ao expedir o alvará de soltura, Ricardo Lemos explicou que a autoridade policial tem de comunicar a prisão de qualquer pessoa em 24 horas, o que não ocorreu no referido caso. “Não sou desfavorável à repressão de quem dirige embriagado e causa acidentes, mas contra a punição de quem bebeu socialmente algumas cervejas com amigos e sofre as punições apontadas na Lei Seca”, ponderou.

http://academicosonline.wordpress.com/2008/09/04/juiz-declara-inconstitucionalidade-da-lei-seca/

sábado, 13 setembro, 2008 Posted by | Comentário, Repassando... | , | 1 Comentário

Alerta, Oposição Pitbull: olho na ABIN!

Segundo pesquisa divulgada hoje, na mídia, o presidente Lula bateu mais um recorde de aprovação do seu governo (64 %), desta vez junto a todos os segmentos sociais, incluindo os mais ricos! É o maior índice de aprovação obtido por um presidente brasileiro, desde a redemocratização do país, após o fim da “gloriosa” (golpe de Estado de 1964).  Isso não pode ser verdade! Onde já se viu? Nas comunidades orkutianas, praticamente só existem espaços para desancar o Lula. Nas repartições públicas, o mais comum é ouvir queixas sobre a administração lulista. No parlamento, é CPI em cima de CPI sobre as incompetências e corrupções do governo federal. No empresariado, ainda hoje ouvi uma entrevista de empresários cooperativistas pedindo que o governo, se não ajuda, pelo menos não atrapalhe! Então, de onde anda saindo tanta gente pra aprovar o governo Lula tantas vezes e em tantas pesquisas? É inacreditável! Deve ter o dedo da ABIN no meio! Vamos abrir mais uma CPI para averiguar esta máfia das pesquisas!
Ironias à parte: tudo isto parece demonstrar que as minorias insatisfeitas são muito mais ativas que a maioria silenciosa, mas o seu poder de cooptação ideológica é muito inferior ao poder dos fatos sócio-econômicos que estão ocorrendo na vida das pessoas. Ainda bem… Pena que os oportunistas e fracassomaníacos de plantão não canalizem suas energias para algo mais útil.

sexta-feira, 12 setembro, 2008 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

O que é a natureza…

TABELA DO CASAMENTO

ANTES…

DEPOIS…

Duas por noite.

Duas por mês.

Você me deixa sem fôlego!!!

Você está me sufocando!!!

Não pára!!!

Nem vem!!!

Estar ao teu lado!!!

Vire para o seu lado!!!

Me pergunto que faria sem ela…

Me pergunto o que faço com ela…

Erótica!!!

Neurótica!!!

Ela adora como controlo a situação…

Ela diz que sou um manipulador egoísta…

Ontem transamos no sofá…

Ontem dormi no sofá…

Minha gatinha, meu ursinho, minha coelhinha… (bichinhos pequenos e fofinhos).

(Os bichos crescem): sua vaca, seu cachorro, sua galinha, seu veado…

Os embalos de Sábado a Noite…

O futebol de domingo a noite…

Você vai comer só isso?

Talvez fosse melhor comer só a salada…

É como se eu estivesse sonhando!!!

Estou tendo um pesadelo!!!

Concordamos em tudo!!!

Ela não pode tomar nenhuma decisão?

Cueca de seda…

Samba-canção (aquela do pacote com 3).

Adoro suas curvas…

Eu nunca disse que você está gorda?

Ele está completamente perdido por mim!!!

Porque ele não pede informações?

Croissant e capuccino…

Café com margarina…

Você fica tão sexy de preto!!!

Suas roupas são tão deprimentes!!!

Camarão..

Sardinha em lata…

Biquíni asa delta…

Maiô tipo americano…

Garrafa de vinho…

TANG sabor uva…

Camisa dentro da calça…

Barriga fora da calça…

Não acredito que tenhamos nos encontrado!!!

Não acredito que acabei ficando com você!!!

Vem para cama que eu estou te esperando!!!

Levanta seu molenga, que tá na hora!!!

Vem cá benzinho que eu esquento seu pezinho!!!

Sai com esse pé frio pra lá!!!

Meu bem pra cá, meu bem pra lá…

Meus bens pra cá, seus bens pra lá…

Vou te COMER na cama!!!

Vou te FUDER na justiça!!!

quinta-feira, 11 setembro, 2008 Posted by | Humor, Repassando... | | Deixe um comentário

Ah! E a Lei Seca, o que foi feito dela?

Vocês sabem o que ocorreu com o noticiário sobre as maravilhas da Lei Seca no trânsito brasileiro? Não sei se é impressão minha, mas quase não se ouve mais nada a respeito… Os acidentes continuam: hoje mesmo acordei com a notícia sobre um acidente pavoroso entre um ônibus e um caminhão em que morreram dez e outros tantos estão hospitalizados. Nada de álcool,  apenas um motorista imprudente, uma curva na noite e uma ultrapassagem irresponsável. Até hoje estou esperando os resultados de pesquisa séria sobre a correlação álcool zero (com e sem fiscalização) e a queda do número de acidentes no país. A fiscalização parece estar voltando ao “tudo como d´antes no quartel de Abrantes”, a mídia voltou a relatar os acidentes sem o enfoque etílico, os beberrões reais continuam na ativa e as mortes por irresponsabilidades motorizadas continuam. E os pesquisadores parecem ter-se desinteressado pelo tema…Qual será a próxima empulhação que nos enfiarão goela abaixo? O uso obrigatório da cueca-samba canção que preconizei há algumas postagens atrás? Parece um caso típico de morte anunciada, não por embriaguez ao volante, mas por inércia funcional. Quem tiver notícias da falecida sem velório e enterro, me avise…

quinta-feira, 11 setembro, 2008 Posted by | Comentário | | Deixe um comentário

Pelo menos terão uma desculpa para o dia seguinte…

A oposição “pitbull”, que foi calada nos últimos tempos pelos fatos econômicos e sociais do governo Lula, não podia perder esta oportunidade de garantir para as próximas eleições, uma desculpa para o caso de levar um passeio nas eleições que se aproximam. Independente da realidade ou não das suspeitas sugeridas na reportagem abaixo, eles poderão acusar a situação de roubar-lhe os votos através das urnas eletrônicas. Assim, mesmo não conseguindo fragilizar o governo a partir de suspeitas que não conseguem  provar, a CPI dos Grampos terá alguma utilidade. Parece que além da ferocidade insana, eles adquiriram também a síndrome da sabedoria convencional (termo que Galbraith usou para definir a validação de “verdades convenientes”).

CPI dos Grampos põe em dúvida segurança das urnas

Qui, 11 Set, 08h25

O suposto envolvimento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) com escutas ilegais pode colocar sob suspeita as urnas eletrônicas utilizadas nas próximas eleições. Parlamentares da oposição, integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grampos Telefônicos, procuraram o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, pedindo a realização de uma auditoria externa para assegurar a segurança do módulo de criptografia inserido nas urnas eletrônicas. A preocupação dos parlamentares é porque essa criptografia – um dos instrumentos técnicos que garante o sigilo do processo – é elaborada justamente pelo Centro de Pesquisas e Desenvolvimento para a Segurança das Comunicações (Cepesc), órgão que faz parte da Abin.

http://br.noticias.yahoo.com/s/11092008/25/politica-cpi-dos-grampos-poe-duvida-seguran-das-urnas.html

quinta-feira, 11 setembro, 2008 Posted by | Comentário, Repassando... | , | Deixe um comentário

Seguindo o conselho de Platão…

Hoje eu amanheci com minha verve machista aguçada. Daí, fiz um apanhado daquelas reflexões de bolso, provocativas e irônicas sobre o sexo oposto. Que as nossas leitoras não se abespinhem (horrível, este “abespinhem”!), pois afinal, como pensava Platão, você pode descobrir mais sobre uma pessoa em uma hora de brincadeira do que em um ano de conversa. Lá vai:
1. A amizade de duas mulheres é sempre a conspiração contra uma terceira.

2. Se todos os homens são iguais, porque as mulheres escolhem tanto?

3. Hoje em dia, homem dando sopa é apenas um homem distribuindo alimentos.

4. Pior do que nunca achar o homem certo, é viver com o homem errado.

5. Mais vale um cara feio com você, do que dois lindos se beijando.

6. Príncipe encantado que nada… Bom mesmo é o Lobo Mau, que te vê melhor, te ouve melhor… E ainda te come.

quarta-feira, 10 setembro, 2008 Posted by | Humor | | 2 Comentários

Vôo noturno…

Jonas ruminava, diante de uma xícara de café e no burburinho da sala de embarque, a vontade frustrada de fumar um cigarro, quando aquele olhar profundo e meigamente amigável passou à sua frente. Incrédulo, acompanhou a jovem dona do olhar em meio à multidão, até vê-la sentar-se no fundo da sala. Ela sorriu-lhe e ele permaneceu incrédulo: conhecia-a? Não, nem de longe seu rosto bonito, jovem e seguro, trazia-lhe alguma lembrança remota ou recente. Estaria ela interessada nele? Não acreditou, consciente de suas feições pessoais sexagenárias. Talvez ele a lembrasse de algum tio ou avô, concluiu e novamente mergulhou na xícara de café e seu desejo de fumar, até ouvir o chamado de embarque, quando se misturou à multidão de passageiros agitados. Embarcou, sentou-se na poltrona à janela e lia a revista de bordo, quando novamente o sorriso surgiu à sua frente e acomodou-se silenciosamente ao seu lado. Coincidência, imaginou, e retribuindo o sorriso, voltou à leitura para disfarçar sua confusão interna. Apesar de veterano nas convivências de gênero e de se ter fisicamente em boa conta, não entendia aquele interesse feminino tão claro e etariamente tão diferenciado. Prostituta? Não, seu velho instinto, a postura e as roupas dela negavam esta possibilidade. Manteve-se calado e interiormente divertido com aquela situação: um sexagenário seguro de si e já amorosamente realizado, sentindo prazer no assédio discreto de uma garota. Longe de imaginar estratégias de abordagem, estimulado pela situação presente, revisitou sua agitada vida amorosa, as passagens prazerosas de suas relações, os desencantos inevitáveis de qualquer existência e quando concluía a validade de tudo que vivera, ela o surpreendeu com uma indagação curta e embaraçosa: _ Quem é o senhor? Jonas demorou alguns segundos para situar-se e decidiu por aceitar aquele jogo interessante (adorava falar de si mesmo e contar histórias) como algo inconseqüente para preencher o marasmo do vôo. Sorriu, apresentou-se, perguntou-lhe o nome (Aanisan, respondeu) e perdeu-se em suas histórias pessoais, sempre seguido por aquele olhar interessado e silencioso. Estimulado pelas indagações ocasionais dela, relembrou com prazer fatos distantes que parecia ter esquecido e recentes que o entristeciam (detalhes da juventude atribulada, as experiências de sua vida andarilha, a dolorosa consciência de suas limitações físicas crescentes diante de seus sonhos irrealizados). Falou uma eternidade, até que o chiado do interfone da cabine de comando relembrou-lhe onde estava. Esperou a voz anunciar burocraticamente o pouso, mas foi surpreendido por um anúncio de pane da aeronave e a ordem para atar cintos e outras instruções para o pouso de emergência. O baque da adrenalina no peito foi rápido, pois de há muito se considerava por demais vivido e sempre se imaginara neste momento de confronto com a morte anunciada. Mas olhou para a garota e ela, calmamente, repousando a cabeça em seu ombro e entrelaçando sua mão à dele, disse-lhe para não ter medo. O mundo ficou em suspenso por um tempo que pareceu interminável, até que o choque inicial foi substituído pela resignação de Jonas. Diante de si mesmo preparou-se para morrer sem gritos, pensou nos filhos e na companheira e contemplou os cabelos da jovem espalhados no seu ombro. Beijou-os carinhosamente e ela levantou o rosto para beijá-lo na boca. Ele não pensou mais, apenas naufragou na saliva de seus lábios enquanto sentia no corpo o mergulho do avião na madrugada escura E enquanto despedia-se demoradamente da vida naquele beijo, sentiu o primeiro barulho do contato com a terra. Não sentiu dor, apenas um balanço suave no ombro. Abriu os olhos e deu de cara com a comissária de bordo avisando-o de que haviam pousado e era necessário desembarcar. Olhou ao lado, levantou-se e olhou ao redor e a aeronave já estava vazia.

A dona do sorriso desaparecera durante o seu sono…

segunda-feira, 8 setembro, 2008 Posted by | Pequenas histórias | | Deixe um comentário