Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

As questões de gênero vêm de longe…

Desculpem-me os puritanos, feministas ou outros radicais, mas dei de cara com essa piada e não resisti! Tive que publicar! É uma das melhores sacadas de humor que já vi em minha longa vida! Perdoem-me, mais uma vez, percam o amigo mas não percam a piada!

BLOGUE CAVERNA att000001

Anúncios

sexta-feira, 29 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Mudanças climáticas:as secas e enchentes de agora são só um ensaio!

MANCHETES-AMBIENTE-MUDANCA-MORTESBem, pessoal, pelo andar da carruagem (ver reportagem abaixo), todos os transtornos, perdas materiais, vidas perdidas e desestruturadas que temos enfrentado nos últimos três anos (nós e o mundo!) é um apenas aperitivo para o pior que vem aí! E ainda mais grave: pra variar, os países e populações pobres serão os mais afetados! Mas nesse caso, não podems nem culpar os países ricos, pois aceitamos a condição histórica de fornecedores de recursos naturais e mão de obra barata para eles. E aqui, entre nós, as nossas elites e marginálias empresariais sempre priorizaram o lucro fácil em detrimento das questões ambientais e da responsabilidade social. E pra completar a bagaceira nós, os sem poder econômico, abrimos mão do nosso poder político e entregamos na bandeja do clientelismo e/ou do oportunismos pessoal, a força coletiva que poderia ter mudado o rumo das coisas. Assim, amigos, esse é um fim-de-filme há muito anunciado e nunca escutado, onde todos nós fomos bandidos por ação e/ou omissão.

Pena que quem vai pagar o pato serão os nossos filhos e netos…O último a sair da sessão toque fogo no cenário, legal?

Mudança climática já causa 315 mil mortes por ano, diz estudo

LONDRES (Reuters) – A mudança climática mata cerca de 315 mil pessoas por ano, de fome, doenças ou desastres naturais, e o número deve subir para 500 mil até 2030, segundo um relatório divulgado nesta sexta-feira pelo Fórum Humanitário Global (FHG), entidade com sede em Genebra.

O estudo estima que a mudança climática afete seriamente 325 milhões de pessoas por ano, e que em 20 anos esse número irá dobrar, atingindo o equivalente a 10 por cento da população mundial da atualidade (6,7 bilhões).

Os prejuízos decorrentes do aquecimento global já superam os 125 bilhões de dólares por ano — mais do que o fluxo da ajuda dos países ricos para os pobres — e devem chegar a 340 bilhões de dólares por ano até 2030, segundo o relatório.

“A mudança climática é o maior desafio humanitário emergente do nosso tempo, causando sofrimento para centenas de milhões de pessoas no mundo todo”, disse nota assinada pelo ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan, presidente do FHG.

“Os primeiros atingidos e os mais afetados são os grupos mais pobres do mundo, embora eles pouco tenham feito para causar o problema”, acrescentou.

De acordo com o estudo, os países em desenvolvimento sofrem mais de 90 por cento do ônus humano e econômico da mudança climática, embora os 50 países mais pobres respondam por menos de 1 por cento das emissões de gases do efeito estufa.

Annan defendeu que a conferência climática de dezembro da ONU em Copenhague aprove um tratado eficaz, justo e compulsório para substituir o Protocolo de Kyoto. “Copenhague precisa ser o acordo internacional mais ambicioso já negociado”, escreveu Annan na introdução do relatório. “A alternativa é a fome em massa, a migração em massa e a doença em massa.”

O estudo alerta que o real impacto do aquecimento global deve ser muito mais grave do que o texto prevê, já que sua base são os cenários mais conservadores estabelecidos pela ONU. Novas pesquisas científicas apontam para uma mudança climática maior e mais rápida.

O relatório pede especial atenção às 500 milhões de pessoas consideradas extremamente vulneráveis, por viverem em países pobres propensos a secas, inundações, tempestades, elevação do nível dos mares e desertificação.

Dos 20 países mais vulneráveis, 15 ficam na África, segundo o estudo. O Sul da Ásia e pequenos países insulares também são muito afetados.

O texto diz que, para evitar o pior, seria preciso multiplicar por cem os esforços de adaptação à mudança climática nos países em desenvolvimento. Verbas internacionais destinadas a isso alcançam apenas 400 milhões de dólares por ano, enquanto o custo estimado da mudança climática fica em 32 bilhões de dólares.

“O financiamento dos países ricos para ajudar os pobres e vulneráveis a se adaptarem à mudança climática não chega nem a 1 por cento do que é necessário”, disse Barbara Stocking, executiva-chefe da ONG britânica Oxfam e integrante do conselho diretor do FHG. “Esta flagrante injustiça precisa ser resolvida em Copenhague em dezembro.”

(Reportagem de Megan Rowling)

sexta-feira, 29 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Mundo aloprado (II)

Um policial francês enganado pela mulher e que se vingou com a castração do amante desta na cidade de Reichshoffen (leste da França) foi acusado de 'ato de tortura e barbárie gerando uma mutilação', informaram fontes judiciais.  Foto:Jeff Pachoud/AFP

Policial francês castra o amante da esposa

AFP – Seg, 25 Mai, 09h10ESTRASBURGO, França (AFP) – Um policial francês enganado pela mulher e que se vingou com a castração do amante desta na cidade de Reichshoffen (leste da França) foi acusado de “ato de tortura e barbárie gerando uma mutilação”, informaram fontes judiciais.

Astronautas da ISS brindam com urina reciclada AFP – Qui, 21 Mai, 12h58WASHINGTON, EUA (AFP) – Os astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS) brindaram à saúde bebendo pela primeira vez urina reciclada a bordo da ISS, anunciou a Nasa.

Um médico de uma pequena cidade australiana usou uma broca caseira para extrair um coágulo de sangue do cérebro de um adolescente de 13 anos que sofrera um acidente de bicicleta.  Foto:/AFP

Médico australiano usa broca caseira para salvar a vida de adolescente AFP – Qua, 20 Mai, 09h22 SYDNEY, Austrália (AFP) – Um médico de uma pequena cidade australiana usou uma broca caseira para extrair um coágulo de sangue do cérebro de um adolescente de 13 anos que sofrera um acidente de bicicleta

segunda-feira, 25 maio, 2009 Posted by | Repassando... | , | Deixe um comentário

Na Internet, “se hay gobierno, soy contra!!”

BLOGUE BBB 005

Todos nós que frequentamos o mundo virtual sabemos duas coisas: que nele circulam muito lixo e muita coisa boa! E quando digo “coisa boa”, refiro-me não somente aos conteúdos, mas à prática assertiva e democrática de comunicar-se fora das instâncias de poder do sistema, podendo-se assim (nós, os sem poder político e/ou econômico) contestar e minar esse sistema hegemônico e dominador em seus aspectos mais calhordas. Claro que o lixo de qualquer natureza deve ser varrido pelo nosso não-acesso e pelas leis que tratam diretamente dos crimes nele contido. Mas, no caso da notícia abaixo, fica claro a intenção de capturar o acesso livre aos produtos culturais do capitalismo instituído e adequá-lo à lógica do sistema formal de intercâmbio e dominação. De certa forma, estão nos tratando como tratam os produtos chineses: querendo matar à pau pra preservar o lucro empresarial. Em nenhum momento o sistema que estes políticos defendem discute o porquê dos preços exageradamente elevados dos produtos nacionais em relação aos produtos piratas!  O que interessa é defender os interesses hegemônicos, sem questioná-los. Como no caso da crise financeira, onde os governos premiaram a especulação financeira ao entregar bilhões do dinheiro público para salvar as instituições que agiram com má fé cristalina! Como nenhum governo pensou em pegar estes bilhões e pagar as dívidas dos mutuários inadimplentes, ou indenizar os pequenos investidores em suas perdas causadas pela especulação, ou ainda fornecer ou ampliar decentemente o seguro-desemprego para aqueles que, sem culpa, perderam o trabalho! E agora, estão se mobilizando para estabelecer o controle público sobre o único canal realmente livre para a expressão e luta social ampla: a REDE!

Leiam a reportagem, vomitem sobre a máscara ideológica do discurso político oficial, e preparem-se para resistir…

Práticas cotidianas na internet podem virar crime

Bruno Bocchini – Agência Brasil
20/05/2009

Práticas cotidianas realizadas por usuários da internet poderão virar crime caso a Câmara dos Deputados aprove o substitutivo do Senado ao Projeto de Lei da Câmara nº 89, de 2003. A avaliação é do professor de Comunicação e Tecnologia da Faculdade Cásper Líbero, Sergio Amadeu.

“Se você transferir, por exemplo, uma música que está em um CD para o pen drive, o que é uma prática comum e que desagrada muitos segmentos da indústria fonográfica, isso, de acordo com o Artigo 285 A [do substitutivo], pode ser considerado crime”, destaca. Amadeu esteve à frente, nos últimos meses, de várias man

Restrições à liberdade

O professor ressalta que as pessoas que baixaram da internet, por exemplo, o filme Tropa de Elite, poderiam também ser consideradas criminosas com base na nova lei. “Muita gente foi lá e baixou esse filme. Se ele tivesse usado um programa P2P para baixar – que ao baixar também disponibiliza o arquivo para outros usuários fazerem o download – se fizesse isso, ele poderia ser considerado um criminoso”, afirma.

Para o professor, a maior parte dos crimes cometidos na internet já estão no Código Penal. “É uma ou outra coisa que a gente precisaria definir claramente”, afirma. Segundo ele, a nova lei restringiria a liberdade das pessoas em nome de uma suposta maior segurança.

“Nós não concordamos com isso. Nós queremos manter a liberdade e manter um equilíbrio entre liberdade e segurança. Essa lei do [Eduardo] Azeredo desequilibra isso de forma absurda. Ela é uma lei que transforma procedimentos investigatórios, que são atos excepcionais, em regra. Aí não tem sentido.”

Conservadorismo anacrônico

Em nota, o principal idealizador da proposta de lei, o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), defendeu o substitutivo. De acordo com ele, o projeto não pretende “controlar” a web. “É, sim, uma proposta que visa a coibir os crimes cometidos com o uso das tecnologias da informação – em avanço acelerado no Brasil e no mundo.”

O senador afirma que o texto modifica cinco leis brasileiras e tipifica 13 delitos, entre eles, difusão de vírus, roubo de senhas, estelionato eletrônico, clonagens de cartões e celulares, hackers e racismo, quando praticado pela internet.

Para Azeredo, não há cerceamento da liberdade de expressão e censura no projeto. “Nada disso é verdade. A proposta fala exclusivamente da punição de criminosos, do direito penal aplicado às novas tecnologias.”

Ele ressalta que a nova lei não trata de pirataria de som e vídeo, nem da quebra de direitos de autor, que, segundo Azeredo, são matérias já tratadas por leis específicas. “Não serão atingidos pela proposta aqueles que usam as tecnologias para baixar músicas ou outros tipos de dado ou informação que não estejam sob restrição de acesso. A lei punirá, sim, quem tem acesso a dados protegidos, usando de subterfúgios como o phishing, por exemplo, que permite o roubo de senhas bancárias”, diz.

Imagem: Millor Fernandes

sexta-feira, 22 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Qual é a sua idade?

BLOGUE IDADE idade_ativaO Germer, amigo de vida saudável e moderada, me mandou a reportagem abaixo, todo feliz por que fez 1.200 pontos no teste que ela contém. Eu que sou um verdadeiro kamikaze alimentar e tabagista, aos 65 anos, fiz 1.1oo pontos, razão pela qual sou adepto da teoria do escoteirinho…

O artigo e o teste são interessantes, dêm uma olhadinha e façam o teste. Quem quiser mande comentário informando a idade atual e quantos pontos conseguiu! Assim, talvez possamos fazer uma brincadeirinha séria: a avaliação etária e de saúde do nosso conjunto de leitores…Sem mentir no teste, né, gente? (rsss). Começando a nossa brincadeira, vou tabular os dois primeiros resultados já conhecidos. Os demais serão acrescentados à medida que forem sendo recebidos (se vocês toparem a proposta lúdica).

Ah! E os campeões de cada faixa etária (os que conseguirem mais pontos) terão direito a perfil publicado neste blogue, com direito a foto e lista dos seus conselhos-de-vida! Que tal? Não é uma boa interação?

Leia a reportagem, faça o teste e participe!

RESULTADOS POR FAIXA ETÁRIA E PONTOS OBTIDOS NO TESTE

FAIXA ETÁRIA

Zero a 499

500 a 599

600 a 899

900 a 1099

1.100 a 1.299

1.300 a 1.499

1.500 a 1.800

> de 80

75 – 80

70 – 74

65 – 69

2

60 – 64

55 – 59

50 – 54

45 – 49

40 – 44

35 – 39

30 – 34

25 – 29

20 – 24

15 – 19

< de 15

Sua idade pode ser menor do que você pensa


É possível diminuir sua idade com uma boa alimentação, exercícios e qualidade de vida. Faça o teste e descubra quantos anos você tem, de acordo com seus hábitos do dia a dia.

“Durma, faça sexo e ria” é uma das dicas dos autores do livro Diminua sua idade. Segundo eles, metade das pessoas que vivem  em cidades industrializadas tem privação de sono.

Os avanços da medicina permitem aumentar a expectativa de vida das pessoas com tratamentos e remédio. Porém, mesmo vivendo mais, as pessoas têm medo de passar seus últimos anos com doenças degenerativas, como o Alzheimer. Por isso, mais importante do que viver mais tempo é viver com qualidade e naturalmente, o que garante alguns aniversários a mais. Essa é a ideia do jornalista Dave Bunnell e do médico cardiologista Frederic Vagnini, que uniram seus conhecimentos sobre nutrição e bem-estar e escreveram o livro Diminua sua idade (Editora Best Seller), lançado na semana passada no Brasil.

O livro foi baseado num programa de saúde de mesmo nome, criado pela dupla, que visa a desacelerar e até a reverter o processo de envelhecimento. Para diminuir a idade, dizem os autores, é preciso dar atenção a quatro fatores: alimentação saudável, bom condicionamento físico, qualidade de vida e um bom acompanhamento médico (confira no final do texto um teste pelo qual é possível saber quantos anos a menos de sua idade biológica você tem, de acordo com os hábitos diários).

“Durma, faça sexo e ria” é a primeira dica dos escritores. Segundo eles, metade das pessoas que mora em cidades industrializadas sofre de privação de sono crônica. E dormir melhora o humor, a capacidade cognitiva, de comunicação, a produtividade, o sistema cardiovascular e imunológico. O livro traz a informação do British Medical Journal de que os homens que têm orgasmos mais de duas vezes por semana têm 50% menos chance de morrer prematuramente do que aqueles que têm orgasmos menos de uma vez por mês. As mulheres, quando estão satisfeitas com a vida sexual, também vivem mais.

Entre as dicas que Bunnell e Vagnini dão para uma alimentação saudável estão: adorar comer ao mesmo tempo em que se aprende a comer menos, “tornar o iogurte parte do seu mundo” e “fugir do açúcar como o diabo foge da cruz” – segundo eles, uma “droga viciante” que causa envelhecimento precoce e doenças como o diabetes. O iogurte natural tem uma posição privilegiada, diz Bunnell em entrevista à ÉPOCA, pois favorece um bom funcionamento da flora intestinal. “Eles também ajudam a aliviar a ansiedade, contribuem para a digestão e absorção de gorduras e carboidratos, previnem ou combatem infecções bacterianas, melhoram o sistema imunológico e têm até se mostrado eficazes em diminuir o número de gripes que você pega”, afirma.

Segundo Bunnell, se você está cansado o tempo todo, não tem tempo para controlar seu peso ou simplesmente não se sente bem em relação a você mesmo, é hora de diminuir sua idade. A seguir, responda as questões do teste e descubra se você está seguindo uma rotina que lhe permite um corpo mais jovem.

Para ter acesso ao teste clik no link e responda a verdade…

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI72521-15257,00-SUA%20IDADE%20PODE%20SER%20MENOR%20DO%20QUE%20VOCE%20PENSA.html

domingo, 17 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Parques públicos contaminados: e agora?

BLOGUE CONTAMINAÇÃO imagesComo já comentei outra vezes nesse blogue, os “maravilhosos” legisladores e governantes desse país são profundamente eficazes em aprovar e tentar executar leis irreais, antidemocráticas, hipócritas e inexeqüíveis, como forma de fingir uma eficiência que não possuem, achacando aqueles que são minorias e/ou que não possuem poder político ou econômico. Já comentei a insensatez das retiradas dos direitos paternos para jogar as crianças nos depósitos do Estado, o cretinismo do combate ao trabalho infantil sem ter alternativas de solução, o despotismo da burocracia nos processos de adoção, a irracionalidade das pensões alimentícias pré-comprovação de paternidade, o clientelismo político da famigerada Lei Seca e da perseguição cretina aos tabagistas. Enfim, daria um livro os exemplos dessa lamentável atuação legal do Estado (em qualquer das suas instâncias)…

E agora, eu quero ver: a notícia que repasso abaixo demonstra o risco de saúde pública nos parque em que nós passeamos com nossas famílias ou praticamos o exercício diário. O estudo foi feito apenas em São Paulo, mas por analogia não se pode esperar resultados diferentes dos demais parques públicos do país, pelo menos nas grandes cidades. O que farão agora os nossos legisladores e governantes? Proibirão a circulação dos carros? Proibirão os nossos passeios e exercícios nos poucos espaços disponíveis? Obrigarão os usuários dos parques a usar máscara? Acabarão com os parques contaminados? Ou criarão um imposto sobre o uso dos parques (para os donos de carros e/ou usuários de parques) para custear a descontaminação? Ou ampliarão a proibição de se fumar nos parques, que são áreas livres ainda não bloqueadas? Ou então se fingirão de mortos, cegos ou surdos?  Ou custearão milhares de estudos do problema, como forma de adiar as atitudes necessárias com a desculpa de que são necessárias novas evidências? Ou ainda aprovarão a exigência de plaqueamento de alerta em todos os parques, alimentando novas licitações superfaturadas?

Enfim, qual será a próxima enganação de que seremos vítimas?

Leiam a notícia e vão se preparando…

Parques têm excesso de metais pesados

1 hora, 4 minutos atrás

A poluição dos carros ultrapassou a escassa barreira verde da cidade e contaminou os redutos paulistanos considerados imunes. Um estudo divulgado neste mês detectou que solos de parques, em especial os que ficam no centro, estão contaminados por metais pesados, como chumbo, arsênio, cobre e bário, em concentrações que extrapolam, em alguns casos, até duas vezes os padrões seguros estabelecidos pelo governo paulista para não prejudicar a saúde.

A longo prazo, a contaminação por metais pode resultar em vômitos, diarreias, tonturas e, em casos extremos, até câncer. A análise foi feita com amostras colhidas de playgrounds e pistas de corrida de 14 parques de São Paulo. Todos apresentaram pelo menos um dado de metal em desacordo.

“Os piores índices estão nos parques mais próximos ao centro, onde há tráfego intenso de veículos, os grandes responsáveis pela concentração de metais”, afirma a autora do estudo, Ana Maria Graciano Figueiredo, pesquisadora do Instituto de Pesquisas Energéticas Nucleares, que fez a análise com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Um dos piores cenários está no Parque Buenos Aires, em Higienópolis, zona oeste. A concentração de chumbo foi de 400 mg/kg, sendo que o parâmetro da Cetesb é de 180 mg/kg (2,2 vezes mais). Parques do Ibirapuera, Aclimação, da Luz e Trianon também estão em alerta com chumbo, arsênico e cromo.

As crianças e os cachorros são mais suscetíveis ao problema, explica o coordenador de pós-graduação do Departamento de Microbiologia da USP, Mario Julio Ávila-Campos, por causa do contato mais próximo ao solo. “Mas o risco para quem vai aos parques, ainda que diariamente, é difícil de ser mensurado”, diz. “Quando o organismo fica saturado de metais, responde com tontura, desequilíbrio, diarreias, sintomas que as pessoas dificilmente vão relacionar à contaminação por chumbo, arsênio ou outro (metal).”

Especialistas dizem que não há motivo para pânico, mas é preciso alerta das autoridades públicas. “No Brasil ainda é muito recente essa preocupação com os metais. Para contato esporádico ainda faltam pesquisas que comprovem os perigos”, opina Luiz Roberto Guilherme, pesquisador do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras.

Se ainda existem dúvidas sobre o alcance da contaminação, já há certeza de que os carros são os “vilões” do acúmulo dessas substâncias, até mesmo nos solos dos parques. “A dispersão desses materiais é por meio do escapamento, tanto que, quanto mais perto das vias públicas, maiores são os índices”, diz a engenheira florestal do Laboratório de Poluição da USP Ana Paula Martins, que encontrou os materiais em excesso até nas cascas de árvores de cinco parques da cidade.

domingo, 17 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , , , | Deixe um comentário

Imoralidade política: a diferença, no “clássico” Brasil x Inglaterra!

BLOGUE REBOTALHO 001BLOGUE REBOTALHO 011

Basta ler a história do Brasil para conhecer a total imoralidade política que herdamos da baixa qualidade moral dos nossos colonizadores lusitanos (não que a nação portuguesa assim o seja, mas mandou para cá o rebotalho de sua sociedade para nos colonizar). Essa triste herança hstórica aqui encontrou campo fértil (o próprio Caminha disse que aqui “em se plantando tudo dá”) e temos hoje o neo-rebotalho que habita a esfera pública em todas as suas instâncias e inúmeros segmentos e corporações do nosso funcionamento social. Apesar disso, considero que imoralidade, corrupção e outras mazelas morais existem em todas as tribos, vilas, cidades e nações. Isso parece ser inevitável na natureza humana. A diferença está no trato que a sociedade  dá a estes comportamentos, quando eles emergem à luz do conhecimento público. Vejam a reportagem abaixo e façam um paralelo entre a gastança dos parlamentares britânicos e a mais recente farra de gastos dos nossos parlamentares em Brasília (das passagens e similares). Considerem a absurda discrepância dos valores envolvidos lá e cá, assim como a absurda diferença de resultados do controle social ocorrido, lá e cá! Amigos, por sua natureza hegemônica, a estrutura de poder do Estado leva inevitavelmente à entropia pela corrupção e a imoralidade (ou vice-versa). A nossa única saída é assumirmos o comportamento político cidadão como necessidade imperiosa e sermos mais ativos no controle social sobre esse neo-rebotalho, que constantemente nos achincalha com o seu descaramento. Por enquanto, no “clássico” político, Inglaterra 1 a zero…

Dêm uma olhada no que aconteceu por lá. O que aconteceu e acontece por aqui, já sabemos…

Escândalo afasta dois parlamentares na Inglaterra

Qui, 14 Mai, 07h58

O escândalo dos políticos britânicos que utilizaram fundos públicos para pagar contas pessoais fez suas duas primeiras vítimas. O conservador Andrew Mackay, que atuava como um dos principais conselheiros de David Cameron, pediu demissão, e o ex-ministro da Agricultura e presidente da Comissão de Energia e Clima do Parlamento, Elliot Morley, foi suspenso pelo Partido Trabalhista. Até agora, mais de 20 parlamentares e ministros prometeram reembolsar o Estado pelos milhares de dólares que usaram para pagar despesas consideradas “desnecessárias”.

Mackay pediu demissão do cargo depois que uma revisão de seus gastos revelou uma “situação inaceitável”, afirmou um porta-voz da oposição. O primeiro-ministro da Grã-Bretanha afirmou que “os mais altos padrões têm de ser mantidos na vida pública”, ao comunicar o afastamento de Morley, que usou pouco mais de US$ 24 mil de verba pública para pagar, segundo ele, uma hipoteca. Mas a dívida já havia sido quitada. Ele continuará no Parlamento, mas deve perder alguns dos privilégios com uma investigação pendente. O ex-ministro disse que reembolsou os cofres públicos e pediu desculpas pelo erro.

Gordon Brown, e seu adversário conservador, David Cameron, estão sob grande pressão para limpar a imagem do Parlamento após as revelações feitas pelo jornal “The Daily Telegraph”, que publicou detalhes sobre as despesas de parlamentares desde 2004. Entre as denúncias, estão as de que políticos usaram o auxílio-moradia para reformar a própria casa e pagar prestações de imóveis. A divulgação dos gastos enfureceu a população e ameaça afetar os resultados das eleições locais previstas para o próximo mês.

sexta-feira, 15 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | 2 Comentários

Atenção, ajudem a coletar essa doação para os desabrigados!

O empresário Ricardo Barbosa, de Bauru- SP, está mobilizando a coleta de 90 toneladas de alimentos e materiais de higiene e limpeza para o Nordeste e não consegue contactar com entidades ou instituições públicas para entregar. O fone do Ricardo Barbosa (diretor da campanha Bauru Solidário) é  0**14.9657.4556. Por favor, entrem em contato e ajudem!

quinta-feira, 14 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , | Deixe um comentário

Oposição Pitbull x Poupança: porque será?

BLOGUE INDIGNIDADE 005Todo mundo sabe que os controladores da taxa de juros tiveram que aumentá-la durante o auge da crise financeira internacional, como forma de controlar a economia e seus indicadores estratégicos (crédito, consumo, inflação, etc.). Mas mesmo sabendo disso, a nossa canina oposição (sem querer ofender os cães!) berrou contra o governo: a taxa de juros é uma vergonha, tem que baixar! Todo mundo também sabe que, em função dos desdobramentos dessa mesma crise, a taxa de juros foi rebaixada nos últimos meses e ELES gritaram: estão desestimulando os fundos de investimentos! Aí os especuladores de sempre migraram para a caderneta de poupança, que era investimento de pobre e passou a ser mais rentável que os fundos de investimentos, desordenando novamente o sistema de crédito, e ELES. berraram: não aceitaremos mudanças nas regras da popupança! E como o governo resolveu (de forma legal e transparente) taxar os investimentos da poupança acima de 50 mil reais (resguardando portanto os pequenos poupadores de sempre e atingindo apenas 1% do universo de poupadores), mais uma vez os ferozes animais (pobres cães, vou poupá-los da comparação!) atacam novamente: o governo quebrou a confiança dos poupadores!

Pergunto “inocentemente”: o que estará por trás disso? A eleição de 2010, que eles vivem atribuindo ao governo de antecipar? Ou a proteção dos especuladores que migraram para a poupança? Ou aterrorizar os pequenos poupadores para provocar saques em série e desequilibrar o sistema e o financiamento das obras sociais que ele financia? Ou estão apostando nas três opções? E ainda dizem, desavergonhadamente, que o governo quebrou a confiança dos poupadores tradicionais e taxou o único refúgio da economia popular! Popular quem, cara-pálida? A quem ELES pretendem enganar? Ah! Esses falsos paladinos da democracia seriam hiláricos se não fossem deprimentes em seus comportamentos eleitoreiros e escusos…

Leiam a notícia abaixo e, discretamente, continuem aplicando suas pequenas economias na Poupança…

PPS, PSDB e DEM criticam tributação de poupança

Qua, 13 Mai, 08h50

O PPS, o PSDB e o DEM criticaram, em nota conjunta, a decisão do governo anunciada hoje de tributar os rendimentos da caderneta de poupança com depósitos acima de R$ 50 mil a partir de 2010, se a taxa básica de juros, a Selic, ficar abaixo dos atuais 10,50% ao ano. “O governo quebrou a confiança dos poupadores, taxou a caderneta e desonerou os investidores”, disse o presidente do PPS, Roberto Freire, de acordo com o comunicado.

O líder do PSDB na Câmara, José Aníbal (SP), afirmou, conforme a nota, “que o PPS tinha razão em denunciar a intenção do governo de intervir na poupança”. No texto, os partidos de oposição afirmam que, mesmo sabendo que a caderneta de poupança “é o único refúgio da economia popular”, o governo anunciou uma tributação permanente.

Imagem: Millor Fernandes

quinta-feira, 14 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Sobre a questão do fumo e o nazismo anti-tabagista…

cultura-filme-angeli-animado-pol

Desde o início, fui combatente feroz do terrorismo anti-tabagista que se instalou na sociedade brasileira contra aqueles que consomem um produto legal, pagam impostos exorbitantes pelo mesmo e são discriminados por isso. Nunca condenando o direito das pessoas se protegerem contra o fumo, mas contra a atitude social nazista de aprisionar os fumantes em guetos cada vez mais restritos, sem nenhum respeito aos seus direitos de consumidores legais e cidadãos. A recente proibição dos fumódromos, por exemplo, é a prova cabal dessa “guetização” de que estamos sendo vítimas. Ninguém se mexeu ainda para proibir a produção e industrialização do tabaco! Não vejo ninguém reclamando dos impostos pagos pelos fumantes e que, atualmente, foram elevados em 30% para salvar os empregos na área da construção civil! Muito fácil e cômodo, não? Simples asssim: ganha-se emprego, renda e impostos na produção e industrialização do fumo e, ao fim de tudo, limitam o consumo às residências e ruas. E não se preocupem não, porque se conseguirem isso, o próximo passo será proibí-lo  na sua casa ou em qualquer outro lugar (você comprará para ficar contemplando o produto)! Como disse Vladimir Maiakovski:

“Na primeira noite, eles se aproximam e colhem uma flor de nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem, pisam as flores, matam nosso cão.
E não dizemos nada.
Até que um dia, o mais frágil deles, entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a lua, e, conhecendo nosso medo,       arranca-nos a voz da garganta.
E porque não dissemos nada, já não podemos dizer nada”.

Portanto, mais uma vez, e contra a lógica neo-nazista da maioria não-fumante e de qualquer outra maioria autoritária, declaro o meu apoio à ABRASEL nacional (ver reportagem abaixo). E tô pagando pra ver a decisão do STF. Direito é uma conquista de todos e para todos, não privilégio das maiorias ou minorias ativas (pelo menos assim se pretende em uma sociedade democrática). E entre um cigarro e outro, entremeados com goles de café bem forte, fico no aguardo…

STF vai decidir se lei antifumo é inconstitucional

Ter, 12 Mai, 08h28

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai dar a palavra final sobre a lei paulista que proibiu o fumo em ambientes coletivos públicos e privados no Estado de São Paulo. A Associação Brasileira de Restaurantes e Empresas de Entretenimento (Abrasel Nacional) protocolou uma ação no Supremo sustentando que a lei antifumo é inconstitucional. Segundo a entidade, o governo de São Paulo, a pretexto de proteger a saúde dos que não fumam, acabou com direitos fundamentais dos fumantes e desrespeitou leis federal e municipal que permitem o tabaco em locais próprios, como os fumódromos.

Na ação, a Abrasel Nacional sustenta que uma lei federal de 1996 restringiu o fumo, mas estabeleceu a criação dos fumódromos em área isolada e com ventilação. Segundo a entidade, uma lei municipal também previu o local especial para fumar. Conforme a entidade, se a lei federal não proíbe completamente o fumo em ambientes coletivos, a lei estadual não pode fazê-lo. A associação afirmou que os donos de estabelecimentos localizados em São Paulo estão sem saber se devem respeitar as leis federal e municipal ou a estadual.

A Abrasel Nacional pediu urgência na análise do caso. Ela quer que o supremo conceda uma liminar para suspender a proibição. No mérito, a associação quer que o STF conclua que a proibição é inconstitucional.

quarta-feira, 13 maio, 2009 Posted by | Comentário, Repassando... | , , , | 2 Comentários