Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

“Anticâncer -prevenir e vencer usando nossas defesas naturais”

Companheiros do blogue: tive o prazer de receber nos últimos dois dias, comentários a respeito da polêmica questão sobre o tratamento de câncer, enviados pela leitora e médica Elizabeth, para a postagem “Bicarbonato de sódio x câncer: esta é surpreendente!”. Por seu conteúdo significativo, resolvi trancrevê-lo como um post em separado, para que se amplie o acesso a estas informações recebidas.

Acho que vale a pena dar uma lida…

Imagem: semglutensemlactosemascomsabor.blogspot.com

___________________________________

Comentário por elizabeth r.r. navarrete | terça-feira, 23 fevereiro, 2010 <!– @ 12:01 am –>

Amigos, como três médicos, alem de mim, já se manifestaram nesse espaço e levando em consideração o post da Lidionete, gostaria de sugerir a leitura de um livro. Ele foi escrito por um medico ortodoxo, psiquiatra, professor de duas universidades (Pittsburgh e Lyon), pesquisador em neurociências. Ele dá o seu depoimento a respeito da Medicina praticada hoje (oficial) e o outro lado da equação, no que se refere a cuidar da saúde de um individuo que ,  a principio, é a tarefa maior da Medicina. Não haveria ceticismo maior do que o de um medico que vivencia o academicismo das universidades. E, no entanto…ele precisou, em causa propria, se apropriar de todo o conhecimento produzido a respeito de cancer para se ajudar. Segue uma resenha descritiva do livro:

  1. “Anticâncer -prevenir e vencer usando nossas defesas naturais”
    É um livro que tem como um dos diferenciais o fato de ter sido escrito por um medico ortodoxo, que vivenciou a situação extrema de um câncer agressivo e buscou afastar todos seus preconceitos em relação a tudo que a medicina alopática não reconhecia como cientifico e, pesquisador que sempre foi, buscou em todas as fontes que encontrou alternativas de saúde que o pudessem ajudar na luta contra sua doença.
    E foi bem sucedido: ainda vive, mais de 15 anos depois, e apesar de ainda ser um paciente canceroso a doença está silenciosa. Ele teve tempo de passar sua experiência para outros, ver o filho crescer e se mantém ativo profissionalmente.
    O livro traz uma extensa referencia bibliográfica e o encarte “Os reflexos anticâncer no cotidiano”onde ele reuniu gráficos, tabelas e listas muito bem elaboradas sobre nutrição e câncer, alimentos funcionais e práticas diárias para evitar fatores pró-câncer.
    É um livro bastante interessante, mesmo em se tratando de uma publicação de grande apelo comercial ( “best seller” publicado em 26 países). Talvez até o sucesso do livro se deva ao fato de ser pública a constatação da epidemia de câncer que vivemos, à falta de recursos apontados pela medicina oficial para evitar a doença e ainda ao fato de ser um livro autobiográfico.

    “ANTICANCER prevenir e vencer usando nossas defesas naturais”
    David Servan Schreiber
    Editora Eldorado 2008
    Referencia inicial e homenagem do autor:
    “Sempre pensei que o único problema da Medicina cientifica fosse o fato de ela não ser suficientemente cientifica. A medicina moderna só se tornará verdadeiramente cientifica quando os médicos e seus pacientes tiverem aprendido a tirar partido das forças do corpo e do espírito que agem através do poder de cura da natureza.”

    Prof. René Dubos
    Universidade Rockefeller,Nova York, EUADescobridor do primeiro antibiotico (gramicidina), 1939. Iniciador da primeira Cupula da Terra da Naçoes Unidas, 1972 Conferencia de Estocolmo sobre o Meio Ambiente Humano.

    Alguns trechos do livro:
    “…quatro abordagens que todas as pessoas podem adotar para construir para si uma biologia anti-câncer, simultaneamente do corpo e da mente: como se prevenir contra os desequilíbrios do meio ambiente ocorridos a partir de 1940 e que alimentam a epidemia atual de câncer. Como ajustar a própria alimentação para reduzir os promotores de câncer e para incluir o maior numero possível de compostos fotoquímicos que lutam ativamente contra os tumores. Como compreender – e curar – as feridas psicológicas que alimentam os mecanismos biológicos que agem sobre o câncer. E, finalmente, como se aproveitar de uma relação com o próprio corpo a fim de reagir sobre o sistema imunológico e de acalmar a inflamação que faz crescer os tumores…”
    Ele conclui: “…três idéias-chave na luta contra o câncer:
    -a necessidade de cuidar do terreno (biológico)
    -a consciência a serviço das defesas naturais
    -a sinergia que resulta da ação combinada dessas defesas
    A necessidade de cuidar do terreno:
    “…a Medicina Ocidental que trata uma doença determinada com uma intervenção ou um medicamento preciso é maravilhosamente eficaz em situações de crise. Todos os dias ela salva vidas graças a uma operação de apendicite, à penicilina para uma pneumonia,à epinefrina para uma reação alérgica aguda…Mas ela revela rapidamente seus limites quando se trata de doenças crônicas.””…Rene Dubos..é considerado um dos maiores pensadores da biologia do seculo XX…tornou-se um ardoroso defensor da ecologia,por causa da interdependência que observara entre os organismos vivos e seu meio ambiente.”
    “…é possível se beneficiar ao mesmo tempo dos avanços da medicina e das defesas naturais do corpo.”

    A sinergia das forças naturais:
    “…O corpo é um imenso sistema em equilíbrio,onde cada função está em interação com todas as outras.A modificação de um único desses elementos afeta necessariamente o conjunto. Cada um pode, pois, escolher por onde deseja começar: alimentação, atividade física, trabalho psicológico ou qualquer outra abordagem que traga mais sentido e consciência à própria vida……cada passo na direção de um maior equilíbrio torna os seguintes mais fáceis.”
    “…existe …o perigo de que certos pacientes acreditem ingenuamente que, graças às abordagens naturais, podem continuar a fumar, negligenciar as mamografias de praxe ou recusar tratamentos difíceis como a quimioterapia. Em nome dessas preocupações, cuja legitimidade eu não contesto, meus colegas se vêem as vezes tentados a recusar em bloco qualquer abordagem que foge às práticas convencionais existentes. Mas isso acaba nos prendendo dentro dos limites de uma concepção medica que retira de cada um de nós o poder de se responsabilizar por si mesmo. Como se não pudéssemos fazer nada para aprender a nos proteger ativamente contra o câncer- antes e depois da doença….
    “….quero acreditar que a maior parte de meus colegas (médicos) pode compreender e se apropriar desse esforço.” David Servant-Schreiber.

    Espero que esse relato e principalmente o livro sejam de utilidade para quem deseja mais informação a respeito tanto de como se conduzir frente a dilemas como esse que infelizmente todos os dias temos diante de nós, quanto se beneficiar de uma compilação de quase tudo que já se conhece fora da realidade terapêutica da medicina ortodoxa,em relação ao cancer.

terça-feira, 23 fevereiro, 2010 - Posted by | Comentário, Repassando... | ,

3 Comentários »

  1. Fui operado de um adenocarcinoma no cólon a pouco mais de noventa dias. Ganhei de minha filha o livro Anticancer q se tornou ‘de cabeceira’. Estou fazendo por mim o tratamento coadjuvante, seguindo ao pé da letra suas recomendações, já o Adjuvante q é o quimio confio a uma clínica oncológica.
    Recomendo ‘com louvor’ esta obra do dr. David.

    Comentário por Carlos Alfredo | quinta-feira, 27 maio, 2010

  2. Que bom que está ajudando-o, Alfredo! Boa recuperação e um abraço fraterno.

    Comentário por Henrique Miranda | quinta-feira, 27 maio, 2010

  3. Tive um câncer de mama e ganhei de presente, li e sigo até hoje todas as dicas que o livro oferece. Ele é ótimo, recomendo

    Comentário por Vilma cavalcante Tavares | quinta-feira, 3 dezembro, 2015


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: