Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Gilmar Mendes e VEJA: os suspeitos estrebuchando para não se afogarem na cachoeira…

Lula, indignado: Gilmar mentiu

    Publicado em 28/05/2012

Nota do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre reportagem da Veja publicada no perfil de Lula no Facebook:

NOTA À IMPRENSA

São Paulo, 28 de maio de 2012

Sobre a reportagem da revista Veja publicada nesse final de semana, que apresenta uma versão atribuída ao ministro do STF, Gilmar Mendes, sobre um encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 26 de abril, no escritório e na presença do ex-ministro Nelson Jobim, informamos o seguinte:

1. No dia 26 de abril, o ex-presidente Lula visitou o ex-ministro Nelson Jobim em seu escritório, onde também se encontrava o ministro Gilmar Mendes. A reunião existiu, mas a versão da Veja sobre o teor da conversa é inverídica. “Meu sentimento é de indignação”, disse o ex-presidente, sobre a reportagem.

2. Luiz Inácio Lula da Silva jamais interferiu ou tentou interferir nas decisões do Supremo ou da Procuradoria Geral da República em relação a ação penal do chamado Mensalão, ou a qualquer outro assunto da alçada do Judiciário ou do Ministério Público, nos oito anos em que foi presidente da República.

3. “O procurador Antonio Fernando de Souza apresentou a denúncia do chamado Mensalão ao STF e depois disso foi reconduzido ao cargo. Eu indiquei oito ministros do Supremo e nenhum deles pode registrar qualquer pressão ou injunção minha em favor de quem quer que seja”, afirmou Lula.

4. A autonomia e independência do Judiciário e do Ministério Público sempre foram rigorosamente respeitadas nos seus dois mandatos. O comportamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o mesmo, agora que não ocupa nenhum cargo público.

Assessoria de Imprensa do Instituto Lula

Anúncios

terça-feira, 29 maio, 2012 Posted by | Repassando... | , | Deixe um comentário

A América Latina, quem diria: está fazendo escola na terra da Revolução…

Frente de Esquerda da França inspira-se em América Latina e pede nova constituinte

França terá eleições parlamentares no próximo mês. A candidata Raquel Garrido, da Frente de Esquerda, esteve no Brasil e explicou as propostas do grupo de Jean-Luc Mélenchon, como realizar uma assembléia constituinte. “Venezuela, Equador e Bolívia mostraram que não basta vencer uma eleição para a esquerda chegar ao poder, mas é preciso reconstruir o sistema”. > LEIA MAIS | Internacional | 23/05/2012

quinta-feira, 24 maio, 2012 Posted by | Repassando... | , | 1 Comentário

Seria a união dos abusados ou dos abusadores?

______________________________________________________________________________
Sei não, mas me parece que a “Rainha” não deve ter-se sentido muito  prestigiada e protegida após suas confidências dominicais. Vejam abaixo a sua última reação, dentro da “aldeia global” que tanto a apoiou nas declarações bombásticas. Porque será?
__________________________________________________________________________________

Nem a Xuxa leva o jn a sério

    Publicado em 23/05/2012
    Via conversaafiada.com.br
    Como é que o Kamel foi perder esse furo sensacional ?

Saiu na Folha (*):

Xuxa se nega a falar sobre abusos ao “Jornal Nacional”

A apresentadora Xuxa esquentou os ânimos no jornalismo da Globo anteontem.

Depois de dar uma entrevista bombástica ao “Fantástico” do último domingo, a loira (sic) se recusou a falar ao principal noticiário da emissora, o “Jornal Nacional”.

Leitor destaca que desabafo de Xuxa foi ‘teatral’

O “JN” reprisou trechos da entrevista de Xuxa ao “Fantástico” e repercutiu o tema de abuso sexual de crianças em reportagem de quase cinco minutos.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta quarta-feira (23).

(*) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é,  porque o dono é o que é; nos anos militares, a  Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.

quarta-feira, 23 maio, 2012 Posted by | Repassando... | , | Deixe um comentário

O serpentário da direita manteve o seu porão anti-democrático…

CACHOEIRA: O CRIME E  A DIREITA POLÍTICA

A lista de sordidez e atrocidades  incluída no livro ‘Memórias de uma guerra suja’, do ex-delegado do DOPS, Claudio Guerra, converge  para um denominador normalmente pouco pesquisado e menos ainda divulgado pela mídia conservadora: a absoluta ausência de escrúpulos da direita nativa em recorrer à expertise do crime comum para perseguir, atacar e, se possível, eliminar fisicamente, sem pistas,  a militância de esquerda que resistiu à ditadura militar. Ao permanecer resguardada da opinião pública essa simbiose entre bandidos e direita política criou raízes e se reciclou no ambiente democrático. A truculência assumiu novas formas para persistir no mesmo objetivo de eliminar o adversário e suas idéias. A principal revista semanal brasileira, cuja especialidade editorial é articular campanhas difamatórias contra movimentos sociais, partidos e lideranças populares, ademais de ter sido o auto-falante da tentativa de transformar o obscuro episódio denominado de ‘mensalão’ em clamor pelo impeachment do Presidente Lula, agora se sabe, arrendou uma quadrilha criminosa para ‘apurar’ pautas de seu interesse. A oportunidade para exorcizar essas práticas na vida política nacional está nas mãos dos integrantes da CPI do Cachoeira e daqueles da recém-criada Comissão da Verdade. (LEIA MAIS AQUI)

(Carta Maior; 3ª feira/22/05/2012)
____________________________________
PS: imagem inserida por este blogueiro

terça-feira, 22 maio, 2012 Posted by | Repassando... | , | Deixe um comentário

Xuxa: trauma emocional ou jogada de marketing?

Perdoem-me os fãs e as almas penalizadas com a Rainha dos Baixinhos(?), mas algo nos fatos relatados pela apresentadora, analisados dentro do seu contexto existencial do meu conhecimento, não bate, não convence. Sei que muitos poderão contestar, mas eu me dou o direito de desconfiar dos reais motivos da última entrevista da dita cuja. Explico:

1. Como uma pessoa tão traumatizada por abusos sexuais repetidos pôde, antes do sucesso, protagonizar em um filme pornográfico-artístico as cenas em que ela abusa sexualmente de um menor, filme este que ela até hoje briga na justiça para que não seja exibido ao público?

2. Porque a senhora Xuxa, nas duas últimas décadas, sendo a paladina dos jovens desvalidos,  teve a sua fundação denunciada na imprensa por parentes de jovens pelo não cumprimento das promessas de ajuda alardeadas nacionalmente?

3. Porque esta denúncia de domingo foi feita exatamente na semana da campanha contra os abusos contra as crianças e adolescentes (tantas décadas depois) e com aparato sensacionalista tão grande?

3, E se ela é realmente corajosa, porque não anunciou os nomes dos seus abusadores, resumindo-se a um “melhor amigo do meu pai”, “ao noivo da minha avó” e a “um professor”, impedindo uma provável punição e colocando sob suspeita os melhores amigos, os noivos e os professores que passaram em sua vida?

Todos conhecem a vocação inata da Xuxa para a ribalta, pela evidência midiática e o seu longo e ininterrupto declínio “artístico”. Seus programas e horários na Globo vêm sendo reduzidos e modificados na Vênus Platinada há muito tempo, com ela buscando recooptar marmanjos e até mesmo criancinhas de creche para seus programas pretensamente jovens e “instrutivos”. E nesta caminhada ladeira abaixo, ela sempre utilizou situações de evidência nacional para apresentar-se, encenar a diva sofrida e/ou glamurosa, ou a socialmente responsável. Lembram-se da viúva inconsolável no enterro do Ayrton Sena? Lembram-se da mãe poderosa alardeando uma gravidez solteira com um canastrão utilitário? Se puxarmos pela memória, sempre lembraremos  momentos em que aquele rosto pseudo-teatral insere-se em algum clipe ou mensagem global sobre algum tema socialmente relevante.

Neste contexto, amigo, apresento-me como um desconfiado histórico em relação a estrela Xuxa dos Baixinhos. Não somente por sua programação infanto-juvenil alienante, mas também pela profunda tendência mídio-oportunista da mesma, em sua trajetória.

Só espero que crianças e jovens ainda cooptadas pelo seu fascínio decadente, não pensem em se expor a situações de abuso somente para alcançarem a evidência da sua rainha.

Sei lá, amigos, alguma coisa não me cheira bem neste caso, além dos abusos relatados…
______________________________________________
PS: essa cara sofrida acima, lhes parece autêntica? Ou uma bem ensaiada cena de um filme infanto-juvenil?
Ah! Em tempo: o filme citado acima é  “Amor Estranho Amor” (1982), de Walter Hugo Khouri.

terça-feira, 22 maio, 2012 Posted by | Comentário | , , | 7 Comentários

A hora quase tardia da rebelião sul-americana…

 A urgência da união sul-americana

Mauro Santayana

 A América do Sul terá que unir-se com urgência, para que não se torne território aberto à disputa feroz pelos seus recursos naturais, no futuro que se apressa a chegar. Ao lado da África, a América Latina sempre foi vista como um território de todos, menos de seus próprios habitantes. – 19/05/2012 Leia mais

segunda-feira, 21 maio, 2012 Posted by | Repassando... | , , | Deixe um comentário

Não há mal que sempre dure…

domingo, 20 maio, 2012 Posted by | Repassando... | , , | Deixe um comentário

O que é mais feio: um “sem-estudos” assumido ou um bacharel falsificado?

Já há algum tempo, leio na NET (no PIG não se fala no assunto), sobre a falsa formação do Bolinha de Papel em economia. Hoje, me deu cuíra pra descobrir o que há por trás deste fato e descobri a reportagem que repasso abaixo, desmascarando o “preparado” candidato tucano que tem nos atazanado nos últimos anos e que continua atazanando em São Paulo.
Leiam e comparem esta atitude com a do nosso Lula, que sempre assumiu a baixa escolaridade e provou que diploma não dá respaldo moral a ninguém. E que a baixa escolaridade, idem: enquanto o sem-estudos assumido agiu de forma moralmente adequada, seu adversário (também sem escolaridade universitária) falsificou uma titulação que não possui. Decididamente, Ética não é privilégio de estudados ou analfabetos…
___________________________________________________________________________________________
Fonte: Conversa Afiada
Do Jornal A União vinculado à página do Governo da Paraíba:

Seu Serra

Por Sitônio Pinto* – 25 de março de 2010
O Conselho Federal de Economia nunca se manifestou sobre o pedido de interpelação judicial e o conseqüente enquadramento do candidato José Serra no Art. 47 do Dec. Lei. 3.688/41, feito pelo Conselho Regional de Economia da Paraíba e endossado pelos Conselhos Regionais do Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Piauí, Alagoas, Maranhão, Rondônia e Tocantins, e por dois membros do Conselho Federal de Economia. O pedido teve por motivo o uso indevido da qualificação de economista pelo candidato Serra, que não tem bacharelado em economia nem é registrado em qualquer Conselho Regional de nenhum estado brasileiro. O procedimento do candidato caracteriza falsidade ideológica e charlatanismo, em prejuízo dos que exercem legalmente a profissão.
O Corecon-PB fez a sua parte, denunciando a irregularidade e pedindo providências à entidade competente, – no caso o Conselho Federal de Economia, parte legítima para uma iniciativa jurídica, pois congrega todos os Corecons do Brasil, onde, hipoteticamente, Serra deveria estar inscrito como economista.
Por coincidência, logo após a denúncia do Corecon-PB, seu presidente, economista Edivaldo Teixeira de Carvalho, teve sua residência invadida por três homens armados que lhe roubaram um automóvel e outros objetos de valor. A violência não parou aí. Telefonemas ameaçadores foram transmitidos à casa de Edivaldo, com a recomendação de que ele ficasse quieto. Sua casa foi rondada por automóveis em atitude suspeita.
É de estranhar também a omissão do Confea, entidade que reúne os Conselhos Regionais de Engenharia e Arquitetura (Crea), que até agora não se manifestou sobre o uso do título de engenheiro pelo candidato José Serra. Nenhum dos Creas também se pronunciou sobre o assunto. Enquanto o silêncio das entidades permanece, Serra continua apresentando-se à população brasileira como engenheiro, no seu marketing político, da forma que se pode ver no último exemplar da revista Istoé, nº 1721, de 4/9/2002, página 53, na matéria O homem segunda-feira, linhas 10 e 11, onde a reportagem diz que Serra é engenheiro e economista.
É inexplicável silêncio dos Creas e da Confea. Deveriam e poderiam mirar-se na atitude zelosa do Corecon-PB, e, na defesa das profissões que representam, protestar contra o emprego enganoso e politiqueiro da falsa titularidade arrotada pelo candidato Serra, que não tem título de bacharelado em nenhuma ciência, mesmo as ocultas.
__________________________________________
*Sitônio Pinto é Jornalista, escritor, publicitário, Membro do IHGP, da academia paraibana de letras e da academia de letras e artes do nordeste. sitoniopinto@gmail.com

sábado, 19 maio, 2012 Posted by | Comentário | , , , | Deixe um comentário

Pô! O FHC não ganha uma…

Lula passa FHC no Facebook. FHC vai cortar os pulsos

Publicado em 18/05/2012

O Conversa Afiada republica post do Portal Vermelho:
Em poucas horas, perfil do Lula no Facebook supera o de FHC Com menos de 24 horas de funcionamento, o perfil do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Facebook já foi “curtido” por cerca de 80 mil pessoas, número que cresce a cada minuto. Quando comparamos com o perfil do antecessor, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, esse número é mais que o dobro do acumulado por FHC, que já está há nove meses logado à rede social. Em vídeo divulgado nesta quinta-feira (17), Lula declarou que a página servirá para ampliar o debate em torno dos projetos desenvolvidos pelo Instituto Lula. “Queremos reunir aqui todos os interessados em continuar compartilhando esperança e solidariedade na luta por um mundo mais justo”, afirmou. Mas não foi somente na rede que Lula provou sua popularidade em relação ao tucano. Quando passou a faixa pra Dilma Rousseff, pesquisa do ibope apontou que Lula tinha 87% de aprovação, maior índice entre os presidentes do período democrático. Já FHC, ao final de 2002, tinha avaliação positiva de 26% dos entrevistados pelo Ibope. Além disso, outros reconhecimentos foram os títulos de doutor honoris causa, concedidos por universidades do mundo inteiro a pessoas cujo conhecimento é considerado digno de reconhecimento acadêmico.
_____________________________________
PS: imagem e negritos inseridos por este blogueiro.

sábado, 19 maio, 2012 Posted by | Repassando... | | Deixe um comentário

Sobre silêncios e cumplicidades…

Venício Lima

Poder da mídia: diferenças entre Brasil e Inglaterra

Ao contrário da Inglaterra, onde a denúncia sobre o News of the World se tornou pública pela ação de um veículo da grande mídia (The Guardian), aqui a primeira reação – salvo uma rede de TV (Record) e uma revista semanal (Carta Capital) – foi ignorar o envolvimento da mídia no escândalo Carlinhos Cachoeira. – 14/05/2012 (Leia mais)

terça-feira, 15 maio, 2012 Posted by | Repassando... | , , , | Deixe um comentário