Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Vivas ao Tiririca!!!

Publicado em 20/07/2014

ARROCHO NEVES = BUSH JR

Não trabalham, vivem do sobrenome e são instrumentos dos conservadores.

Bush Jr nunca trabalhou.

Arrocho Neves também não.

Bush Jr viveu do sobrenome.

Arrocho também.

Bush Jr andava no Palácio quando o Papai era presidente, e ninguém dava bola pra ele.

Arrocho também, quando Vovô mandava.

Bush foi viciado em bourbon.

Arrocho tem que enfrentar o tema da cocaína, na campanha de 2014, como exigiu seu dileto colega, Padim Pade Cerra, num artigo na Fel-lha (*).

Bush Jr governou o Estado do Texas, mas não fazia nada: só trabalhava à tarde e três dias por semana.

Arrocho governou Minas e sub-estabeleceu o Governo ao vice, Anastasia e à irmã, e vivia no Rio.

Quando faltou aos conservadores candidato à Presidência, uma operação de marketing construiu Bush Jr.

Arrocho também.

Bush Jr demonstrou que não entendia os programas de Governo: nomeava ministros que defendiam ideias contrárias às (poucas) dele, como foi o caso do Ministro da Fazenda.

Da Fazenda !

Arrocho já demonstrou que não entende de Mais Médicos, como disse a Dilma, nem das regras do Bolsa Família, como demonstra o Janio de Freitas, hoje, 20, na Fel-lha (*) – ou seja, ignora os fundamentos daquilo que mais ataca e quer destruir.

Bush Jr era um instrumento dos neolibelês e dos beligerantes, os neocons, como o vice, Dick Cheney.

Arrocho não tem uma única ideia original na cabeça, a não ser , provavelmente, construir um aeroporto pro Titio, e, eleito, seria um instrumento dos mesmos neolibelês americanos, como Armínio Naufraga, instalados no pensamento dos tucanos, através de seu Líder Máximo, o Príncipe da Privataria, e do PiG (**).

(Quando disse que a Carta Capital apoia a Dilma, Mino Carta demonstrou que Arrocho e Dudu farão o papel de títeres da Direita.)

O Governo Bush levou o Império Americano à derrota militar e à ruína econômica.

Ainda bem que Aécio só ganha no Datafalha e segundo a Quenedy da CBN.

Paulo Henrique Amorim

(*) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é,  porque o dono é o que é; nos anos militares, a  Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.

(**) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

Anúncios

segunda-feira, 21 julho, 2014 - Posted by | Repassando... | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: