Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Devagar, devagarinho, o efeito-defunto e a vitimização vão indo pro buraco…

Dilma dataMesmo as pesquisas pró-PIG não conseguem mais esconder o rebaixamento da candidata Marina, frente à candidata Dilma. Nem mesmo o semi-vazamento da delação premiada do Costinha da Petrobrás conseguiu manter a Marina na frente. E neste contexto, o inesperado: todos os segmentos políticos, da situação ou da oposição, pouco gritaram pelo anúncio imediato da relação. Uma das poucas que exigiu a lista oficial dos delatados, para tomar decisões, foi a presidenta Dilma (cujo pedido oficial foi negado pelo relator do STF). Sabem porque? Segundo notícia que li ontem na NET (via Estadão), quase metade dos delatados são pessoas ligadas às candidaturas do Aécio ou da Marina! Isto quer dizer: se abrir para atacar o governo, vem o tiro nos próprios pés! Só quem não demonstrou medo foi a Dilma, que solicitou formalmente ao relator do STF a lista de delatados! O resto ficou latindo baixinho pelos cantos, dando uma de covarde disfarçado de valente. Escandalizados, “pero no mucho.”

Talvez estes fatos tenham pesado em meio ao eleitorado, que começa a retomar a Dilma como preferida. A pesquisa acima, publicada hoje e detalhada a seguir, parece demonstrar isto. Outras variáveis possíveis: a inconsistência ideológica e programática da Marina, ziguezagueando entre afirmações e correções, fazendo-se de vítima oportunista (que fala o que quer e sente-se ofendida pelo que os opositores falam) e levando para o lado pessoal as críticas programáticas ao seu plano de governo (sic). Ou o Aécio, que tem o mesmo defeito falastrão e que fala de corrupção sentado nos aeroportos familiares e outras denúncias que o envolvem. Ou ainda a cara-de-pau de ambos (Marina e Aécio), que criticam cotidianamente a incompetência da Dilma e do PT e, em seguida, falam sobre suas disposições de continuar o que a Dilma já faz (Bolsa-Família, Mais médicos, Prouni, etc . etc.), ou iniciar programas novos nos títulos, mas com conteúdos que já fazem parte da prática petista há mais de uma década. Pergunta-se: se a Dilma e o PT não fizeram nada, porque suas promessas oposicionistas de mudanças repetem o que já está sendo feito? Deveriam fazer terra arrasada, começar do zero!

Por tudo isto, começo a crer que nem o defunto, nem o coitadismo e nem a corrupção petroleira, impedirão a reeleição da Dilma. E ela eleita, a finalização das obras já em andamento e os ajustes necessários de gestão, nos levarão a um novo patamar econômico social até 1918.

Deem uma olhadinha na pesquisa….

Bom dia a todos…

Pesquisa Datafolha mostra Dilma com vantagem sobre Marina no 1º turno

 Por | Yahoo Notícias – 2 horas 0 minutos atrás

(Foto: Estadão Conteúdo)                              (Foto: Estadão Conteúdo)
A pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (19) mostra pela primeira vez a candidata do PT, Dilma Rousseff, abrindo vantagem sobre Marina Silva (PSB) desde sua entrada na disputa após a morte de Eduardo Campos. No levantamento, a presidente tem 37% contra 30% da rival. Aécio Neves (PSDB) permanece em terceiro com 17%.

A candidata do PSB tem recebido uma série de ataques dos outros dois candidatos em propagandas eleitorais e entrevistas. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o dado que mostra mais claramente o enfraquecimento de Marina Silva nas pesquisas é o aumento de sua rejeição. Pela primeira vez, o resultado de uma pesquisa apontou que a taxa dos eleitores que dizem que não votariam nela de jeito nenhum está acima da taxa de Aécio Neves: 22% para a candidata do PSB contra 21% para o tucano.

Na última pesquisa Datafolha, Dilma tinha 36%, enquanto Marina vinha logo atrás com 33% e Aécio com 15%.

Já no segundo turno, Dilma e Marina aparecem empatadas tecnicamente: PSB com 46% e PT com 44%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. No final de agosto. a vantadem de Marina Silva era de dez pontos – 50% contra 40%. Na simulação entre Dilma e Aécio, a petista vence com larga vantagem de 49% contra 39% do tucano. Em um segunodo turno disputado entre Marina e Aécio, a candidata do PSB sai vitoriosa com 49%, enquanto Neves soma 35%.

O Datafolha ouviu 5.340 eleitores entre os dias 17 e 18 de setembro em 265 municípios.

Veja o resultado completo da pesquisa:

Dilma Rousseff (PT): 37%
Marina Silva (PSB): 30%
Aécio Neves (PSDB): 17%
Pastor Everaldo (PSC): 1%
Luciana Genro (PSOL): 1%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Zé Maria (PSTU): 0%*
Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
Eymael (PSDC): 0%*
Levy Fidelix (PRTB): 0%*
Mauro Iasi (PCB): 0%*
Branco/nulo/nenhum: 6%
Não sabe: 7%

*Candidato não atingiu 1% das intenções de voto.

Anúncios

sexta-feira, 19 setembro, 2014 - Posted by | Comentário, Repassando... | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: