Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Aécionina ou Veninaécio?

As razões da menina veneno

27 de dezembro de 2014 | 12:11 Autor: Miguel do Rosário

10408833_10201966967374576_734265604569288922_n

Meme genial, que vale mil palavras.

A nova heroína da Globo bem que tentou posar de paladina contra a corrupção.

Mas o seu teatro no Fantástico, posando de coitadinha, “exilada” em Cingapura, sem poder visitar a mãe, ficou bastante abalado pela constatação de que:

1) ganhava quase R$ 200 mil por mês, bem mais que a própria presidenta da Petrobrás, e portanto poderia ter visitado a mãe quando quisesse;

2) era uma das melhores amigas de Paulo Roberto Costa, o ladrão da Petrobrás; na verdade, durante anos foi uma espécie de “afilhada” dele;

3) beneficiou o próprio marido com um contrato de alguns milhões, sem licitação;

4) está envolvida até o pescoço em diversas denúncias no relatório da Polícia Federal da Operação Lava Jato.

A principal lição que se tira do episódio é, mais uma vez, o mau caratismo da mídia, tentando manipular qualquer informação e qualquer testemunha, com objetivo político-partidário.

domingo, 28 dezembro, 2014 - Posted by | Repassando... | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: