Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Mais um tijolinho no mural da saga humana…

Milhares de anos depois, mergulhadores encontram ‘ouro de Atlântida’

Uma das grandes lendas da humanidade, a ilha de Atlântida pode estar mais perto de nós do que nunca. Isso porque um grupo de mergulhadores encontrou uma enorme quantidade de oricalco, um tipo de metal muito valioso e que é citado por Platão em “Crítias”. Na obra, o filósofo afirma que a extração deste material é feita apenas em Atlântida.

A grande quantidade de oricalco encontrada por mergulhadores estava em um navio encontrado no fundo do mar nas proximidades da Sicília, no sul da Itália. O naufrágio, estimam especialistas, teria acontecido há 2600 anos por conta de uma tempestade. Na embarcação foram encontrados 39 bloco de oricalco. Esse tipo de material é considerado menos precioso apenas que o ouro.

Segundo a lenda, o oricalco era extraído em Atlântida e usado em grande quantidade na ilha. A história conta que o local contava com um templo para Poseidon, deus dos mares, que tinha todo seu interior coberto pela pedra preciosa.

Atualmente especialistas afirmam que o oricalco é uma liga de bronze e era feita através da reação do minério de zinco com carvão, cobre e metal. Agora, a equipe responsável pelo achado escava o local e espera mais dicas para completar o quebra-cabeça sobre as histórias da Antiguidade.

quinta-feira, 15 janeiro, 2015 - Posted by | Repassando... | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: