Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

É claro que este fato não agrada aos coxinhas e ultra-reacionários…

Francisco Castro

O poder de compra do salário mínimo no Brasil atualmente é o maior dos últimos 50 anos

O poder de compra do salário mínimo em janeiro de 2015, fixado em R$ 788, é o maior desde agosto de 1965, informou o Banco Central nesta terça-feira (10).
“O poder de compra do salário mínimo em janeiro de 2015 é o maior desde agosto de 1965, superado apenas pelo registrado no período de julho de 1954 a julho de 1965″, ressalta o Banco Central. Por isso, de acordo com a autoridade monetária, não surpreende o fato de que o rendimento médio real do trabalho venha crescendo há vários anos, em todas as regiões do País. De 2003 a 2013, por exemplo, os aumentos médios anuais desses rendimentos atingiram 5,1% no Nordeste; 4,3% no Centro-Oeste; 3 7% no Norte; 3,5% no Sul; e 3,1% no Sudeste.
O boletim do Banco Central também informa que a renda da população ocupada “supera o avanço do mínimo”. O rendimento da população ocupada com renda de até um salário mínimo cresceu 52% a mais do que o salário mínimo, sendo 36% no Norte; 48% no Nordeste; 49% no Sul; 56% no Centro-Oeste e 60% no Sudeste.
“A análise das variáveis indica, portanto, que elevações reais dos rendimentos do trabalho em anos recentes – em especial nas faixas de menor rendimento – foram determinadas, em parte, pela valorização do salário mínimo”, afirma o Banco Central.

Cestas básicas

Ainda segundo o Dieese, o mínimo de R$ 788 neste ano equivale a 2,22 cestas básicas (R$ 355 cada uma). “Na série histórica da relação entre as médias do salário mínimo anual e da cesta básica anual verifica-se que a quantidade de 2,22 cestas básicas é a maior registrada nas médias anuais desde 1979″, informou o Departamento em janeiro deste ano.

quinta-feira, 19 fevereiro, 2015 - Posted by | Repassando... | ,

1 Comentário »

  1. Agradeço a postagem, vou usá-la na minha próxima capacitação onde farei uma reflexão sobre o Programa Bolsa Família, ressaltando a necessidade de medidas voltadas para a inclusão social das famílias beneficiárias do Programa.

    Comentário por mariceli campos | segunda-feira, 23 fevereiro, 2015


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: