Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Que continue a coragem de peitar os canalhas….

O inspirador exemplo de Mantega de buscar justiça diante de desequilibrados que insultam.

Por Paulo Nogueira

Postado em 12 set 2015:

Paulo Nogueira

Guido-Mantega-dcm-820x300 Mantega deu uma lição de como tratar com analfabetos políticos que pensam que têm o direito de insultar alguém sem consequências.

Ele foi injustiçado. Dois imbecis xingaram-no num restaurante.
Em vez de assistir calado à agressão, e ver impotente as redes sociais espalharem o ódio de que foi vítima, buscou a Justiça.

Conseguiu o nome dos meliantes, contratou um bom advogado e exigiu satisfações.

Ele fez o que o grande criminalista alemão do século 19 Rudolf von Ihering defendeu numa tese então inovadora.

Foi atrás de Justiça.

Ihering disse que procurar a Justiça não é apenas direito do ofendido, mas dever perante a sociedade. Porque o direito não é uma coisa estática: muda ao sabor das circunstâncias e das ações das pessoas.

E também porque ao lutar contra injustiças você pode livrar outras pessoas do mesmo tipo de coisa.

Daí o dever segundo Ihering, e não apenas o direito.

Foi o caso de Mantega.

A patética retratação dos ofensores –José João Armada Locaselli e Marcelo Maktas Melsohn — certamente levará outros desequilibrados a pensar duas, três vezes antes de importunarem pessoas que estão em seu canto, sossegadas.

Porque poderão ter que se explicar com a Justiça.

E isso significa dor de cabeça. Você tem que pagar advogado, enfrentar a possibilidade de uma multa e outros aborrecimentos dos quais pessoas que se comportam civilizadamente estão livres.

Muito se tem falado da propagação do ódio entre os brasileiros.

Uma das formas de combatê-lo é enfrentando-0 como fez Mantega.

Que seu exemplo seja seguido. Isso vai melhorar o Brasil.

É talvez a maior contribuição de Mantega, um homem digno que foi um bom ministro da Economia por longos anos, à causa pública no Brasil.

(Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui).
Paulo Nogueira
Sobre o Autor

O jornalista Paulo Nogueira é fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

segunda-feira, 14 setembro, 2015 - Posted by | Repassando... | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: