Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

Não se pode enganar todo mundo, o tempo inteiro…

A Lava Jato se afogou na megalomania!

O Moro está com o IBOPE do Bonner: já era
publicado 12/02/2016
capa carta capital

A Carta Capital dessa semana publica imperdível reportagem de Marcelo Auler “As Marcas da Lava Jato”.

Marcelo é um excelente repórter, frequentemente reproduzido pelo Fernando Brito e por este ansioso blog.

Auler é a prova de que existe jornalismo no Brasil, fora do PiG – como se viu no trabalho do Renan Antunes de Oliveira, que fez uma visitinha ao triplex… dos Marinho.

Porque o PiG, como se sabe, é uma reprodução redundante dos seletivos e pré-criminososvazamentos dos vazos, onde se sobressai aquele a quem o Conversa Afiada conferiu o troféu “Conexões Tigre”.

Quando não disputa press-releases de bancos e empresas, tarefa em que se esmera o PiG cheiroso.

Auler comprova que a Lava Jato se afogou fragorosamente na megalomania do Sistema Moro: do Moro, ele próprio, que pretendia ser o “Corregedor Geral da República”; dos Procuradores aecistas e dos delegados da Polícia Federal que grampeiam mictório de preso!

Afogaram-se na própria gula.

Vamos aos pontos centrais do trabalho do Auler:

– A operação completa dois anos, sofre críticas crescentes e mira no ex-presidente Lula para manter acesa a “indignação popular”.

Como diz o Conversa Afiada se não prender o Lula, o Moro vai virar twitteiro acidental.

– Segue o Auler: Janot é a esperança do Brasil, desde que não prenda tucanos;

– A Força (sic) Tarefa não consegue mais esconder: o negocio é só e apenas prender o Lula;

– O grampo na cela do Youssef continua sem esclarecimentos, mesmo depois de o Werlang ter confessado que botou os grampos lá;

– Para os delegados da Polícia Federal, o zé da Justiça é um gaiato, não passa de um Rolando o Lero;

– e ponto central: o interesse da população pela Lava Jato caiu de 67% para 26%, segundo a Vox Populi.

Quer dizer: o IBOPE do Moro se aproxima do jornal nacional.

Da irrelevância.

Se soubesse se expressar em Português corrente, Moro podia até acabar no “Entre Caspas” da Globo News.

Quem diria, acabou no Irajá!

Em tempo: se não prender o Lula, o Moro vai condenar o já preso, preso de novo e condenado José Dirceu, para demonstrar que tentou cumprir o que a Casa Grande dele exigia.

Será o seu passaporte para o sarau da Casa Grande: é, mas eu condenei o Dirceu à prisão perpétua!

Em tempo2: Dr Moro, como é que o banqueiro Esteves conseguiu a delação do Cerveró? Quem é o “Japa Bonzinho”, Dr Moro? O senhor não descobre isso e quer saber quanto custou o pedalinho, Dr Moro?

Paulo Henrique Amorim

sexta-feira, 12 fevereiro, 2016 - Posted by | Repassando... | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: