Livre pensar é só pensar!

Para não desligar os neurônios

As últimas pás de cal da Era Lula na Turma dos 4%

UM NOVO CICLO RURAL?
Moradia de 15% da população brasileira, a zona rural do país viveu uma forte redução na pobreza, cujo índice global recuou de 51,5% para 31,9% dos residentes.A nova classe C rural, cuja renda domiciliar varia de R$ 1.126 a R$ 4.854 por mês, passou a dominar o cenário ao expandir-se 72% desde 2003.  “A renda da agricultura familiar cresceu três vezes mais do que a renda média do país e o Pronaf incluiu mais de 1,1 milhão de pessoas”,diz o ministro Guilherme Cassel, com base no estudo “Pobreza e a Nova Classe Média no Brasil Rural”, feito pela FGV (Valor 21-12)

LULA DÁ UM VAZA NOS ‘MÃOS DE TESOURA’

“Posso te dizer: não vão cortar dinheiro do PAC. O compromisso da companheira Dilma Rousseff é pelo desenvolvimento desse país. Ela foi a gestora do PAC, portanto ela trabalhou como ninguém para o PAC dar certo. Tenho certeza de que vai gastar cada centavo do PAC” (Presidente Lula; 21-12)

BLOG DO PLANALTO DESMONTA  ‘O GLOBO’

“…Quem leu ou vier a ler o caderno especial do jornal O Globo sobre a Era Lula não terá dúvida: a direção do jornal, seus editores e analistas estão entre os 3% a 4% de brasileiros que consideram o Governo Lula ruim ou péssimo.Para eles, a aprovação de mais de 80% alcançada pelo presidente Lula e seu governo ao final de oito anos de mandato é um mistério. Talvez uma ilusão ou uma hipnose coletiva, que estaria impedindo o povo de enxergar a realidade. Para O Globo e seus analistas, o Brasil avançou muito pouco na Era Lula e os poucos avanços teriam sido apesar do governo e não por causa de suas ações…” (Blog do Planalto; 21-12. Leia mais:  http://blog.planalto.gov.br/)

NEM OS TUCANOS AGUENTAM:
SERRA DERRETE  NO PSDB

“…Os espaços de Serra no partido nacional e junto ao diretório estadual de São Paulo se estreitam… A articulação para que o senador Sérgio Guerra (PE) seja mantido na presidência do partido, que deveria ser renovada em maio, é uma forma de manter Serra fora do comando nacional …Em São Paulo, os quadros mais ligados ao ex-governador foram rejeitados pelo eleito Geraldo Alckmin, na formação do novo secretariado ( NR: nem o apelo de FHC manteve Paulo Renato na Educação). Os três remanescentes da gestão anterior ficam em áreas de pouco apelo político e fora das decisões orçamentárias…A ordem natural das coisas, depois de uma campanha pouco agregadora e que não obteve unidade interna da coligação, é que Serra também perca espaço nacionalmente” (Valor; 21-12)

quarta-feira, 22 dezembro, 2010 Posted by | Repassando... | , | Deixe um comentário

Nunca duvidem dos “loucos” e “despreparados”…

Neste dezembro, encerra-se a trajetória de governo do Presidente Lula e, para desespero daqueles famosos 4 porcento de ruim ou péssimo (que sempre apreceram nas pesquisas de opinião), este operário venceu todas as canalhices que lhe aprontaram, todas as incompetências que lhe atribuiram, todas as calúnias que lhe endereçaram. E provou, acima de tudo, que vontade política e força ideológica podem superar as deficiências de escolaridade, jogando no lixo um dos pilares de dominação das classes hegemônicas. Jogando no lixo também a receita histórica do arrocho social como saída para as crises econômicas e financeiras geradas pelo capitalismo selvagem. Jogando no lixo a Alca do Tio Sam e unindo a América Latina em torno dos seus próprios interesses. Provou que pobreza não é destino, mas circunstância. Provou que visão de mundo (no sentido de Paulo Freire), rompe os limites do saber formal. Provou que ser subdesenvolvido é imposição a ser rompida com coragem, lucidez política e auto-estima. No sentido proativo, o Lula foi (e continuará sendo) um “louco” que, coordenando um pequeno grupo de “loucos” (já que o próprio PT tem muitos que ainda acreditam em mudar o mundo nas mesas de boteco e que mais atrapalharam que ajudaram), em busca de idéias loucas: vencer a pobreza,  vencer a dominação externa, buscar novas relações entre países, obter respeito nacional. Como bem disse o filósofo Fritjof Capra:  “Nunca duvide que um pequeno grupo de pessoas conscientes e engajadas possa mudar o mundo; de fato, sempre foi somente assim que o mundo mudou.” E nós mudamos, amigos. Nunca mais aceitaremos menos do que obtivemos nestes oito anos. Nunca mais nos dirão que devemos arrochar os cintos das nossas vidas por que é necessário ao desenvolvimento. Nunca mais poderão nos enfiar goela abaixo as receitas imperialistas dos golpes militares, da recessão, da submissão e vassalagem política. Claro que eles (aqueles 4 porcento) continuarão tentando voltar ao Quartel de Abrantes (tudo como era d’antes), mas a população mais numerosa deste país jamais voltará a ser a mesma dos velhos tempos. Dignidade é possível. Vida feliz é possível. Futuro sem sombras é possível. E eu tenho (como muitos de vocês) um profundo orgulho de ter acreditado sempre, lutado sempre, e ver hoje o “operário  sair dessa forma moral e politicamente irretocável.

Resta agora acreditarmos e ajudarmos (de forma responsável e crítica) a “guerrilheira” a continuar esta luta…

FELIZ NATAL, LULA! Deite a cabeça ao travesseiro e diga baixinho pra si mesmo: nunca dantes, na história deste país, algum político poude deitar e dormir com a consciência tão tranquila…

_________________________________________

16 de dezembro de 2010 às 15:53

Ibope: 62% dos brasileiros otimistas com o governo Dilma; Lula tem 87% de aprovação

Publicada em 16/12/2010 às 13h30m

por Chico de Góis, em Globo OnLine

BRASÍLIA – A expectativa com o governo de Dilma Rousseff, que toma posse em 1º de janeiro, é otimista para 62% dos brasileiros, segundo dados da pesquisa CNI/Ibope, divulgada na manhã desta quinta-feira. Para esses eleitores, ela fará um governo ótimo ou bom. Comparativamente ao governo do presidente Lula, 18% acreditam que Dilma será melhor, 58% acreditam que será igual e 14% acham que será pior.

Já a aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a bater recorde em seu último mês de mandato. Lula, que em outubro tinha 85% de aprovação pessoal, agora tem 87%.

O percentual de eleitores que confiam no presidente também é recorde: 81%. O governo do petista, que em outubro era considerado bom e ótimo por 77%, agora tem 80% de aprovação.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores entre os dias 4 e 7 de dezembro, em 140 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

sexta-feira, 17 dezembro, 2010 Posted by | Comentário, Repassando... | , | Deixe um comentário

Dá-lhes, Lula!

Lula: nordestino, operário, brasileiro

Lula sai maior do que quando entrou no governo. Sai com mais experiência, estadista, construtor de um projeto hegemônico, com um profundo sentimento brasileiro e latinoamericano, com amor pela África, com o orgulho de que o povo brasileiro o sinta como um deles, com o sentimento de voltar para São Bernardo e tomar umas biritas com os mesmos amigos que deixou quando veio a Brasília se tornar o primeiro presidente operário, o primeiro a promover a eleição de uma mulher como presidente do Brasil. 01/10/2010.

sábado, 2 outubro, 2010 Posted by | Repassando... | , , | Deixe um comentário

Esta é a “raiva” do Lula contra o Saber!

Reitores de Federais dizem que Brasil está no rumo certo

Reitores de universidades federais brasileiras divulgaram um manifesto intitulado “Educação – O Brasil no Rumo Certo”, defendendo o governo Lula como “aquele que mais se investiu em educação pública”. “Foram criadas e consolidadas 14 novas universidades federais; institui-se a Universidade Aberta do Brasil; foram construídos mais de 100 campi universitários pelo interior do País; e ocorreu a criação e a ampliação, sem precedentes históricos, de Escolas Técnicas e Institutos Federais. Através do PROUNI, possibilitou-se o acesso ao ensino superior a mais de 700.000 jovens”, diz o documento.

> LEIA MAIS | Política | 01/10/2010

sexta-feira, 1 outubro, 2010 Posted by | Repassando... | , , | Deixe um comentário

Como estamos sendo vistos lá fora…(2)

Brasil vem dando exemplo ao mundo, diz James Galbraith

“A desigualdade social no Brasil está sendo reduzida nos últimos anos porque o país gasta menos dinheiro para ajudar o setor financeiro e mais dinheiro para ajudar o próprio Brasil”, disse o economista norte-americano James Galbraith no seminário internacional sobre governança global promovido pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES). Para Galbraith, Brasil atravessa um período de “estado de bem-estar democrático” que revela aos países mais desenvolvidos um caminho diferente daquele proposto pelos dogmas neoliberais.
> LEIA MAIS | Política | 17/09/2010
• CDES promove seminário sobre governança global

sábado, 18 setembro, 2010 Posted by | Repassando... | , , , | Deixe um comentário

Emprego e renda: mais uma do Lula (“o cara”!)

Lembram do final do governo FHC, quando os desempreogo beirava os 20%? Pois é. Entregou o governo em crise financeira, moral e política, na vâ esperança de que o “operário semi-analfabeto e despreparado” se enforcasse na decantada incompetência dos não graduados universitariamente. E hoje, oito anos depois, “o cara” esfrega na cara da oposição pitbull (demotucana) os resultados objetivos na vida das pessoas deste país, principalmente daqueles que sempre foram os deserdados da nação.

Vejam a reportagem abaixo e os dados oficiais desta façanha operária. Vejam e entendam porque ele, por estes e outros feitos já relatados por aqui e outras fontes, é o cara. E porque ele tem todas as possibilidades de eleger a sua sucessora, a primeira mulher a governar este país (Dilma Roussef).

__________________

Fonte: tijolaço.com

Até na crise Brasil de Lula gerou mais emprego

quinta-feira, 5 agosto, 2010 às 18:33

Só em 2009, ano em que o mundo estava mergulhado nas consequências da maior crise do capitalismo, iniciada no fim de 2008, o Brasil gerou 1,766 milhão de empregos formais, mais do que foi gerado nos oito anos de Fernando Henrique Cardoso. Entre os países do G-20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), o Brasil foi o único que conseguiu registrar aumento nos postos de trabalho, destacou o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, ao anunciar a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2009.

No governo Lula, de 2003 a junho desse ano, foram criados 13,997 milhões de empregos formais, e o presidente deve passar o cargo a Dilma com a meta cumprida de gerar 15 milhões de empregos formais.

O número de trabalhadores com vínculos formais no governo Lula até junho desse ano atingiu 42,680 milhões, mais que o dobro dos 20,683 milhões do oito anos de FHC (ver gráfico).

Não há dado em termos de geração de trabalho e emprego que não seja positivo no período e a população percebe isso e retribui com os altos índices de popularidade de Lula e o apoio à sua candidata à Presidência da República.

O rendimento médio dos trabalhadores formais em 2009 teve um aumento real (descontada a inflação) de 2,51%, ao alcançar R$ 1.595,22 em dezembro do ano passado. O setor que mais contribuiu, em termos relativos, para a criação de empregos formais foi o da construção civil, estimulado pelas obras do PAC e do “Minha Casa, Minha Vida”.

Está tudo interligado. As políticas de desenvolvimento e de habitação do governo movimentaram diversos setores da economia, gerando empregos mesmo em tempos de crise. Lula destravou a roda presa do crescimento envergonhado e insuficiente para atender as necessidades da população e apontou o país para um futuro brilhante a ser continuado por Dilma e quem mais vier depois.

quinta-feira, 5 agosto, 2010 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Oposição pitbull: tremei!

Já comentei aqui que há determinados segmentos da oposição político-partidária irracional (por isso burra!), que não conseguindo derrubar por outras vias o presidente Lula, eleito democraticamente, está torcendo desesperadamente para que a crise financeiro-econõmica mundial afete de vez (e o mais gravemente possível) a economia nacional. Seria a última e desesperada oportunidade desta oposição evitar mais um vexame eleitoral em 2010. Pois é, mas pelo andar da carruagem, a torcida anti-patriota pela crise não está funcionando. Na reportagem apresentada abaixo, os dados de aprovação ao governo Lula e a ele individualmente, só cresce. Talvez ele não consiga eleger o seu sucessor, pois isto dependerá do candidato escolhido e da capacidade de transferência  de votos que o Lula terá (pois muita gente acredita nele, não em terceiros). Mas com certeza ele será, independente do resultado, um fantasma apavorante e permanente para os políticos tradicionais deste país, nas próximas décadas.  E quando morrer, a história o perpetuará com muito mais força.

Dêem uma olhadinha:

Apesar de já demonstrar preocupação com os impactos da crise financeira global sobre a economia brasileira, a população confia no governo de Lula, mostrou pesquisa do instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT).

Reuters

Lula tem crédito da população para enfrentar crise

Reuters – Seg, 15 Dez, 02h19

Apesar de já demonstrar preocupação com os impactos da crise financeira global sobre a economia brasileira, a população confia no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, mostrou na segunda-feira pesquisa do instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte.

http://br.noticias.yahoo.com/s/15122008/25/politica-cni-ibope-avaliacao-governo-lula.html

segunda-feira, 15 dezembro, 2008 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Governo Lula: os resultados estão aí, é só olhar.

Somente o fato do Brasil não estar aos trancos e barrancos em função da crise financeira que campeia lá fora, já seria um mérito inquestionável do governo Lula, em termos de gestão macro-econômica. Mas também na micro economia, na vida das pessoas, os resultados positivos são anunciados pela mídia, mídia esta que nada tem de pró-Lula. Assim, apesar dos rosnados e ataques da oposição pitbull, os fatos confirmam o contrário e justificam assim o porque do índice da gestão Lula ser o mais alto da história recente do país. Claro que a minoria ativa dos deserdados e lobordeiros continuarão afirmando fracassos, utilizando as mazelas sociais acumuladas em 500 anos e que ainda não puderam ser resolvidas. Normal, normal… Faz parte da prática suja da política jurássica brasileira. Mas para quem quer enxergar, basta ver e analisar dados como os da última pesqusia do IPEA, divulgados ontem. Dêem uma olhada:

Ipea apura ascensão social de 14 milhões de brasileiros de 2001 a 2007

Seg, 22 Set, 03h45

RIO DE JANEIRO (Reuters) – Quase 14 milhões de brasileiros ascenderam socialmente no país entre 2001 e 2007, de acordo com um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

De acordo com a pesquisa Pobreza e Mudança Social, 10,2 milhões de brasileiros passaram da classe de renda mais baixa (até 545,66 reais) para a faixa de renda média (de 545,66 a 1.350,82 reais), e 3,6 milhões saltaram da renda média para a classe mais alta (acima de 1.350,82 reais).

http://br.noticias.yahoo.com/s/reuters/080922/manchetes/manchetes_macro_ipea_ascensao_pol

quinta-feira, 25 setembro, 2008 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário

Alerta, Oposição Pitbull: olho na ABIN!

Segundo pesquisa divulgada hoje, na mídia, o presidente Lula bateu mais um recorde de aprovação do seu governo (64 %), desta vez junto a todos os segmentos sociais, incluindo os mais ricos! É o maior índice de aprovação obtido por um presidente brasileiro, desde a redemocratização do país, após o fim da “gloriosa” (golpe de Estado de 1964).  Isso não pode ser verdade! Onde já se viu? Nas comunidades orkutianas, praticamente só existem espaços para desancar o Lula. Nas repartições públicas, o mais comum é ouvir queixas sobre a administração lulista. No parlamento, é CPI em cima de CPI sobre as incompetências e corrupções do governo federal. No empresariado, ainda hoje ouvi uma entrevista de empresários cooperativistas pedindo que o governo, se não ajuda, pelo menos não atrapalhe! Então, de onde anda saindo tanta gente pra aprovar o governo Lula tantas vezes e em tantas pesquisas? É inacreditável! Deve ter o dedo da ABIN no meio! Vamos abrir mais uma CPI para averiguar esta máfia das pesquisas!
Ironias à parte: tudo isto parece demonstrar que as minorias insatisfeitas são muito mais ativas que a maioria silenciosa, mas o seu poder de cooptação ideológica é muito inferior ao poder dos fatos sócio-econômicos que estão ocorrendo na vida das pessoas. Ainda bem… Pena que os oportunistas e fracassomaníacos de plantão não canalizem suas energias para algo mais útil.

sexta-feira, 12 setembro, 2008 Posted by | Comentário, Repassando... | , , | Deixe um comentário